Menu
Busca sábado, 15 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Dilma quer executivo do Safra na Infraero

03 fevereiro 2011 - 08h34

O governo federal já decidiu quem deseja colocar no comando da Infraero: o presidente do Banco Safra, Rossano Maranhão.

Dilma Rousseff quer anunciar o futuro titular da empresa em março e sacramentar a criação da Secretaria de Aviação Civil, órgão com status de ministério que subordinará não só a Infraero como também a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

Ex-presidente do Banco do Brasil em parte do governo anterior, Maranhão já recusou, no passado, um convite de Lula para comandar a estatal que administra o setor aeroportuário.

Em 2007, na crise aérea, ele havia sido chamado pelo ministro da Defesa, Nelson Jobim, mas recusou a oferta.

A assessoria de Dilma já fez um diagnóstico dos problemas do setor.
Avalia que quase a metade dos aeroportos brasileiros precisa de grandes reformas. Além de reestruturar completamente a companhia, ela ordenou uma troca de quase toda a diretoria da empresa.

Segundo a Folha apurou, a presidente também já sabe quem será o futuro ministro da Aviação Civil. Só não os nomeou ainda porque ambos estariam se desvencilhando de assuntos particulares e profissionais para ingressar nas novas funções.

A ideia é fazer um anúncio conjunto desses dois nomes.

Dilma quer reestruturar completamente a companhia. Na campanha eleitoral, prometeu diversas vezes abrir o capital da Infraero.

Sua principal preocupação é preparar os aeroportos do país para a Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro.

FAVORITO

Rossano Maranhão está na lista de cotados desde novembro do ano passado. Seu nome acabou ganhando força nas últimas semanas.

Durante o governo de transição, Dilma também pensou em nomear Alessandro Teixeira para presidir o órgão, mas desistiu da ideia quando este foi chamado para assumir a secretaria-executiva do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio.

Dilma decidiu entregar à iniciativa privada a construção e a operação dos novos terminais dos aeroportos.

A presidente cogita fazer isso com dois dos principais aeroportos do país, Guarulhos e Viracopos.

As empresas TAM e Gol teriam manifestado interesse na construção e na operação de novos terminais.

As mudanças no setor devem ser confirmadas pelo governo por meio de uma medida provisória que inclui a abertura do capital da Infraero e a criação da secretaria, hoje subordinada ao Ministério da Defesa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Ato da Mesa Diretora mantém Assembleia fechada para o público na pandemia
LEGISLATIVO DE MS
Ato da Mesa Diretora mantém Assembleia fechada para o público na pandemia
Prêmio da Mega pode chegar a R$ 33 milhões neste sábado
LOTERIA
Prêmio da Mega pode chegar a R$ 33 milhões neste sábado
Juscelino Cabral fala sobre audiência que discutiu segurança no trânsito de Dourados
TV DOURADOS NEWS
Juscelino Cabral fala sobre audiência que discutiu segurança no trânsito de Dourados
CAPITAL
Homem morre após bater motocicleta na traseira de caminhonete
Dourados vai receber recursos para ampliação de esgotamento sanitário
SAÚDE
Dourados vai receber recursos para ampliação de esgotamento sanitário
BATAGUASSU
Ex-marido descarrega revólver contra mulher que fica em estado grave
EDUCAÇÃO
Professores desenvolvem projeto que busca integrar Escola e Universidade
Jovem de 21 anos é autuada por incêndio em vegetação e resíduos
SAÚDE
Anvisa autoriza produto à base de cannabis em projeto com a Fiocruz
POLÍCIA
Suspeito de assassinar artista plástica em Campo Grande é morto pela polícia

Mais Lidas

CORONAVÍRUS
Murilo Zauith passa por reabilitação e segue internado em SP
TRÁFICO DE DROGAS
Chefe do 'Comando Vermelho' e foragido há seis meses é preso em Dourados
DOURADOS
Criança encontrada morta apresentou problemas estomacais uma semana antes
CACHOEIRINHA
Polícia fecha ponto de distribuição de drogas e prende abastecedor