Menu
Busca domingo, 29 de março de 2020
(67) 9860-3221

Diabetes pode estar ligada à perda de audição, aponta estudo

04 dezembro 2012 - 09h57



Já foram encontradas provas de que a diabetes está ligada ao aumento do risco de problemas cardiovasculares e nos rins, além de perda da visão, mas um novo estudo de uma universidade japonesa aponta que a doença também tem relação com a perda da audição.

Os pesquisadores indicaram que as pessoas jovens que têm diabetes estão sob um risco ainda maior que as mais velhas, embora não souberam explicar as razões. "A análise sugere que a perda da audição foi mais consistente em pacientes diabéticos quando comparados a pacientes não-diabéticos, qualquer que fosse a idade", escreveu Chika Horikawa, da Faculdade de Medicina da Universidade de Niigata.

Não é a primeira vez que pesquisadores encontraram uma ligação entre diabetes e a perda da audição. Em 2008, pesquisadores do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos verificaram padrões semelhantes em um corpus de 11 mil pessoas. Os diabéticos tinham duas vezes mais chance de perderem a audição que os indivíduos saudáveis.

De acordo com Horikawa, é provável que os altos níveis de açúcar no sangue - que causam a diabetes - levem à surdez ao danificar os vasos sanguíneos da área dos ouvidos.

Horikawa e seus colegas reuniram informações de 13 estudos anteriores sobre o assunto, publicados entre 1977 e 2011. No total, foram analisadas 7.377 pessoas com diabetes e 12.817 sem essa condição. A equipe japonesa descobriu que os diabéticos tinham 2,15 vezes mais chances de perder a audição que as pessoas saudáveis. Mas quando os resultados foram divididos por faixa etária, eles descobriram que diabéticos com menos de 60 anos tinham 2,61 mais risco, enquanto os com mais de 60 anos tinham 1,58 mais chances.

Alguns especialistas, porém, alertam que esse tipo de estudo não prova que a diabetes é diretamente responsável pela surdez. "Não responde definitivamente à questão, mas levantam um ponto importante sobre o qual os pacientes podem ter dúvidas", afirma Steven Smith, especialista em diabetes de uma clínica do Minnesota.

Horikawa, por sua vez, indica que as pessoas devem reconhecer a diabetes como um fator importante na perda de audição. "Além disso, esses resultados propõem que os pacientes diabéticos sejam examinados ainda quando jovens", conclui.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Prefeitura pretende manter estratégias após primeiras confirmações de coronavírus
SAÚDE
Ministério alerta para risco do uso de cloroquina sem indicação médica
AMAMBAI
Motociclista morre após colisão contra Hilux na região de fronteira
DOIS ANOS
TJ/MS prorroga a validade do VIII Concurso Público de Servidores
PREVENÇÃO
Paraguai estende isolamento total contra o coronavírus até 12 de abril
CORONAVÍRUS
'Se sair andando todos de uma vez, vai faltar para rico e pobre', diz Mandetta
BATAGUASSU
Homem é preso após tentar atropelar e ameaçar manter família em cárcere
ARTIGO
COVID-19: Reflexões a respeito do primeiro caso registrado em Dourados
CORUMBÁ
Sete bolivianos são flagrados tentado entrar irregularmente no Brasil
ECONOMIA
Judiciário destina R$ 89 mil para combate ao COVID-19 em Dourados

Mais Lidas

COVID-19
Saúde confirma coronavírus para mulher internada em Dourados e casos chegam a 28 em MS
COVID-19
Dourados confirma primeiro caso do novo coronavírus
COVID-19
Mulher de 52 anos é o 2º caso de coronavírus em Dourados, total no Estado é de 31
DOURADOS
Sindicato emite nota e diz que empregados foram obrigados a participar de ato