Menu
Busca segunda, 08 de março de 2021
(67) 99257-3397

DIA 20 DE AGOSTO, DIA DO MAÇON

20 agosto 2009 - 11h06

Costumo ler os jornais de nossa cidade e não encontrei nada que se referisse hoje sobre o dia do Maçon, pois temos vários Templos na cidade, não sei se os membros têm dificuldade de se exporem perante a opinião pública. Maçonaria não é religião, mas uma Instituição essencialmente iniciática, filosófica, educativa, filantrópica e progressista. Proclama a prevalência do espírito sobre a matéria. Pugna pelo aperfeiçoamento moral, intelectual e social da Humanidade, por meio do cumprimento inflexível do dever, da prática desinteressada da beneficência e da investigação constante da verdade. Seus fins supremos são: a Liberdade, a Igualdade e a Fraternidade, conforme relata Eduardo Gomes de Souza - Grão-Mestre Adjunto do GOERJ.
Vamos falar um pouco sobre o início da Maçonaria em nossa cidade. Quando meu pai aqui chegou no ano de 1938 e exercia o cargo de guarda-livro, trabalhando para Antonio Alves Rocha (Seo Nhonhô), José Augusto de Matos (Juca de Matos), Onofre de Pereira de Matos, Antenor Chamorro (Pironga) e muitas outras pessoas. Ele já era maçon, pois tinha iniciado no dia 07/11/1937, com 24 anos na Loja Maçônica Oriente de Maracaju, em Campo Grande-MS e como aqui em Dourados não tinha nenhuma Loja de São João, ia a cavalo participar das reuniões na Loja Aquidaban em Ponta Porá.
Ser maçon antigamente era algo tão discreto, não poderia cometer nenhum deslize, se não era excluído, como aconteceu com várias pessoas em nossa cidade. Minha mãe, já casada com meu pai, somente mais tarde ele revelou a novidade, pois tinha que viajar e certo dia contou quem era e para onde ia e o que ia fazer em Ponta Porá uma vez por mês.
Cansado de viagens longas, reuniu-se com outros maçons aqui em Dourados e fundaram a Loja Maçônica Antonio João, conforme notícia publicada no jornal O Progresso de 27 de março de 1955, sob o número 201, quando agradeceu o convite que transcrevo na íntegra:
LOJA MAÇÕNICA “ANTONIO JOÃO” - Conforme noticiamos, está em funcionamento nesta cidade à Rua Rio Grande do Sul, s/n a Loja Maçônica “Antonio João”, filiada à jurisdição da Grande Loja da Bahia. Acabamos de receber a comunicação da sua primeira Diretoria, a qual ficou assim constituída: Presidente- Clodoaldo Berbertt, 1º Vice-Presidente e Secretário – Armando da Silva Carmelo; 2º Vice-Presidente: Teófilo Rodrigues; Orador: Fernando dos Santos Salgado; Chanceler: Severino Porto; Hospitaleiro: Segismundo Galhardo; Mestre de Cerimônias: Manoel Rasselem; Adjunto de Secretário: Inimá Ribeiro; Adjunto de Tesoureiro: Abílio Ferreira.
Agradecemos a gentileza da comunicação e fazemos votos de pleno êxito à novel associação similar às demais que conhecemos em outros centros do País
Abílio Ferreira, meu pai foi elevado ao Grau de Mestre em 19/02/1955, através da Grande Loja da Bahia, fundada em 27/05/1927 e faleceu em 05/11/1995), foi velado na Loja Maçônica Antonio João) e quero aqui fazer um comentário: estudei durante 07 (sete) anos no Seminário, fui colega de classe do falecido Bispo Sebastião Figueiredo em Agudos, franciscano, tem que fazer voto de pobreza e obediência ao superior.
Como o bispo anterior ao Dom Redovino que retornou para a Alemanha não tinha simpatia pela maçonaria e Frei Sebastião Figueiredo sabia disso, não pôde entrar na Loja Antonio João e celebrar missa de corpo presente.
Fiquei até chateado no começo, afastei-me das missas, mas depois entendi a situação, afinal ele tinha que seguir a orientação do bispo, tinha feito o voto de obediência como franciscano. Retornei depois de 38 anos ao Seminário de Agudos em 23/01/208, infelizmente Dom Sebastião Figueiredo (in memoriam) não pôde participar do nosso encontro, pois tinha falecido em 20/1/2007 num acidente perto de Jaciara-MT, mas lá encontrei Dom João Bosco outro bispo da nossa turma, de Guaratinguetá-SP, está hoje como bispo em União da Vitória-PR, houve então uma homenagem ao nosso falecido colega de seminário.
Continuo frequentando a Igreja, afinal outros padres admitem e o nosso vigário da São José, Frei Bernardo, meu ex-professor em 1967 é um homem trabalhador, afinal temos graças a ele o primeiro Mosteiro Santa Maria dos Anjos, no Parque Alvaorada, em Dourados, por causa da sua garra e seus seguidores, é um verdadeiro missionário.
Para ser maçon, um dos primeiro requisitos é ser cristão e a Maçonaria é composta de pessoas de várias religiões, de serem humanos que todo dia devem polir a pedra bruta e de alguns padres, afinal eles também são seres humanos, apesar de que algumas alas da Igreja Católica ainda resistem, como algumas igrejas protestantes (evangélicas).
Frei Adalberto Kornfeld que foi vigário em Dourados, Frei Patrício Salmon, ambos estão na Alemanha, estão perto dos 90 anos, telefono para eles sempre. Eles freqüentavam nossa casa na Picadinha, sempre respeitaram o meu pai, nunca combateram a Maçonaria. Frei Adalberto, dois anos antes de meu pai falecer, veio de São Sebastião-RJ, celebrou uma missa na casa de meu pai na Av. Weimar Gonçalves Torres, 876 e ainda deu a comunhão ao meu pai e à família.
 
Dourados-MS, 20 de Agosto de 2009.


José Tibiriçá Martins Ferreira, licenciado em Letras, advogado, segundo tenente reservista, estudante da língua guarani e maçon licenciado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Maior rede de loja de tintas de MS chega a Dourados com a promoção "festa de prêmios"
INFORME PUBLICITÁRIO
Maior rede de loja de tintas de MS chega a Dourados com a promoção "festa de prêmios"
Homem tem residência alvejada por disparos de arma de fogo em Dourados
POLÍCIA
Homem tem residência alvejada por disparos de arma de fogo em Dourados
MEIO AMBIENTE
Paranaenses são presos e multados em R$ 13,5 mil por pesca predatória 
'BBB21': Arthur, Caio, Carla Diaz e João Luiz formam paredão falso
TELEVISÃO
'BBB21': Arthur, Caio, Carla Diaz e João Luiz formam paredão falso
Mahogany lança linha exclusiva para cabelos e tem preços especiais no mês da mulher
INFORME PUBLICITÁRIO
Mahogany lança linha exclusiva para cabelos e tem preços especiais no mês da mulher
CAPITAL
Menino desaparecido foi obrigado por homem a pedir dinheiro na rua
COMBATE À COVID
Governadores se reúnem hoje com Pazuello e defendem 'pacto' contra Covid
TV DOURADOS NEWS
Com presença de várias autoridades, Aced discute taxas cartorárias em MS nesta segunda
SAÚDE
Hospital da Mulher e da Criança será inaugurado hoje em Dourados
TRÁFICO
Caminhonete furtada no Rio de Janeiro foi recuperada lotada de maconha 

Mais Lidas

PONTA PORÃ
Homem é assassinado na região de fronteira e autores deixam recado ao lado do corpo
CENTRO
Douradense é assaltado ao sair de casa para pedalar na madrugada
IMUNIZAÇÃO
Vacinação contra a Covid faz idosos 'amanhecerem' na fila em Dourados
DOURADOS 
Bebê de 9 meses espancado pela mãe é transferido para o HU