Menu
Busca quinta, 06 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Dez presos estão sendo transferidos para Campo Grande

21 setembro 2004 - 07h21

Dez dos 10 presos que ocupam as celas do 2º Distrito Policial estão sendo transferidos neste momento para a penitenciária de segurança máxima de Campo Grande. A decisão atende determinação do juiz Celso Schuch Santos, que proíbe a permanência de presos nas condições oferecidas tanto pelo 1º DP como na estrutura do 2º Distrito, onde ainda faltam equipamentos para a acomodação dos detentos. Os presos que estão sendo escoltados pela Polícia Militar para a capital do Estado são os seguintes: Angelo Aparecido Morais, Antonio Tomio Ito, Ezequiel das Neves Claudino, Wanderson Heriger Costa, Alexsandro Escalante, André Luiz Resende da Silva, Márcio Amaral Rodrigues, Rodrigo Coene Gaúna, Tiarles da Silva Santana e Felipe Vagner Teixeira.Dos quatro que ficam em Dourados, três estão respondendo por porte ilegal de arma e um por furto.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é preso com caminhonete e pistola na MS-164 logo após assalto
POLÍTICA
Senado Federal aprova penas mais duras contra crimes cibernéticos
APARECIDA DO TABOADO
Homem é esfaqueado ao tentar impedir mulher de sair para comprar drogas
IMUNIZANTE
Mais 628 mil vacinas da Pfizer chegam ao Brasil nesta quarta-feira
RIBAS DO RIO PARDO
Detetive particular já condenado é preso por dirigir embriagado após acidente
JUDICIÁRIO
Justiça Federal absolve ex-presidente Temer de envolvimento em 'quadrilhão'
COXIM
Homem agride filho e nora de vereador, quebra viatura e danifica loja
SELEÇÃO
Ibama é autorizado a contratar 1,6 mil funcionários temporários
NAVIRAÍ
Ambiental apreende armadilha de caça de animais silvestres de grande porte 
BRASIL
Bolsonaro veta prorrogação para entrega de declaração do Imposto de Renda

Mais Lidas

PANDEMIA
Decreto reduz toque de recolher em Dourados na semana do Dia das Mães
DOURADOS
Pancadaria em motel termina na delegacia com três pessoas detidas
REGIÃO
Mãe e filha são executadas em locais diferentes na fronteira
PONTA PORÃ
Vítima de execução na fronteira registrou boletim de ocorrência contra o namorado