Menu
Busca quinta, 24 de junho de 2021
(67) 99257-3397

DESDUDIFIQUE-SE

08 abril 2006 - 11h38

por Luciano Pires
Bem, meus amigos que parecem bobos, tá chegando a hora da eleição. Os ânimos estão esquentando. A adrenalina subindo. E, daqui pra frente, o que a gente vai ver é briga de rua. Mais. Chinelagem. Vão botar até a mãe no meio. A gritaria vai ser alta, vão te encher o saco por tv, rádio, jornal e revista. Toda hora, todo dia. Folga só na Copa e na final do Big Brother Brasil Sete.
Esta será uma das campanhas mais baixas da história. Afinal, os caras vão brigar a briga que sabem. Esqueçam elegância, honra, educação, generosidade. Esqueçam a verdade. Essas coisas não ganham briga.
O processo de fritura do Palocci, que envolveu até uma casa cheia de prostitutas, foi só o ensaio... Eles, situação, oposição ou coluna do meio, vão misturar tudo. Família, parente, amigo e confidente. Vão morder, chutar a canela, bater em neguinho caído, enfiar dedos nos olhos e jogar areia na cara. Vão adotar a “Estratégia do Boimate”: combinar boi com tomate, esfregando na nossa cara as alianças mais esdrúxulas, apresentadas como tiradas estratégicas. Desfilarão realizações de um lado e desmentidos de outro. Novos malandros vão aparecer. Velhos malandros vão reaparecer. E desfilarão mentiras em horário nobre. Tudo convenientemente “dudificado” .
“Dudificar”: seguir a cartilha do Duda, criando embalagens irresistíveis para produtos envelhecidos, estragados, ruins, desonestos, perigosos...
Isso constatado, qual é a providência que nós, os eleitores “dudificados” temos de tomar? Afinal, vamos ter de escolher um lado. Você vai com o mocinho ou com bandido? Com o gordo ou com o magro? Com os Jedis ou com os Seths? Vai ser difícil, meu amigo... Tem informação demais circulando, muitas vezes conflitante. Não sei mais quem é mocinho e quem é bandido. O meu herói de hoje vira covarde no final de semana, em matéria de capa da revista semanal...
- Pô, como é que eu faço?
Você, eu não sei. Eu farei assim: estou lendo tudo sobre os candidatos. Procuro ouvi-los falar. Olhar nos olhos. Ver com quem eles andam. Ler o currículo. Procuro gente que os conheça pessoalmente e pergunto. Procuro gente que os conheceu quando eram jovens, para saber de seu caráter. Mas, antes de tudo, e todo o tempo, procuro fazer cinco perguntinhas cada vez que recebo uma informação, seja qual for a fonte. É meu processo de “desdudificação”:
Primeira: quem criou essa mensagem?
Segunda: que técnicas criativas foram usadas para chamar minha atenção?
Terceira: se não fosse quem sou, não morasse onde moro, não tivesse a educação que tive, como é que eu entenderia essa mensagem?
Quarta: que valores, estilos de vida e pontos de vista estão representados ou foram omitidos dessa mensagem?
Quinta: por que essa mensagem está sendo enviada?
Essas cinco perguntinhas não garantem nada. Mas ajudam na “desdudificação”, criando um estado de alerta para as armadilhas marqueteiras postas à nossa frente diariamente pela mídia.
É pouco? Mas é o que dá pra fazer com os recursos disponíveis.
E posso até dizer que já escolhi meu candidato... Por enquanto.
O quê? Ah, você não vai com nenhum? Vai “desdudificar-se” anulando o voto, né? Ta bem.
Deixe que alguém escolha por você.
Mas torça para que seja o mocinho...
* Luciano Pires é jornalista, escritor, conferencista e cartunista. Acesse www.lucianopires.com.br

Deixe seu Comentário

Leia Também

CÂMARA DOS DEPUTADOS
Comissão debate impactos da reforma administrativa na educação
Utilizando bicicletas, jovens cercam homem para efetuar assalto
DOURADOS
Utilizando bicicletas, jovens cercam homem para efetuar assalto
Jardim é a próxima cidade a receber caminhão customizado da MS Pantanal
REGIÃO
Jardim é a próxima cidade a receber caminhão customizado da MS Pantanal
Mais de meia tonelada de maconha é apreendida após perseguição
BR-163
Mais de meia tonelada de maconha é apreendida após perseguição
EDUCAÇÃO
Mestrado em Ensino em Saúde lança edital de seleção para alunos regulares
PANDEMIA
Apesar de 'folga' e fim da fila, Dourados tem mais de 90% dos leitos de UTI Covid ocupados
POLÍTICA
Comissão debate projeto que trata da segurança no armazenamento de dados dos consumidores
MÚSICA
UFGD promove show com a banda Vokalika, nesta sexta
POLÍCIA
PMA sobrevoa rio para planejamento de proteção de cardumes devido ao baixo nível de água
NOVO DECRETO
Dourados diminui toque de recolher e libera música e sinuca, mas parques continuam fechados

Mais Lidas

DOURADOS
Marido de mulher executada em emboscada é encaminhado para prestar depoimento
EXECUÇÃO
Bilhete ajuda SIG a prender suspeita de atrair detetive e atirador é localizado no MT
CAMPO GRANDE
Homem é espancado e confundido com serial killer depois de ser abandonado em rodovia
DOURADOS
Relacionamento conturbado e bens patrimoniais teriam motivado execução de Zuleide