Menu
Busca segunda, 29 de novembro de 2021
Dourados
28°max
20°min
Campo Grande
30°max
23°min
Três Lagoas
33°max
23°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Desarmamento voluntário chega a mais três comarcas do MS

24 outubro 2003 - 12h20

O Programa de Desarmamento Voluntário realizado na Comarca de Aquidauana, no período de 9 de agosto a 9 de outubro, com objetivo de prevenir e controlar a criminalidade na região, foi uma atitude pioneira que desencadeou uma seqüência de ações da mesma natureza em Mato Grosso do Sul. Os resultados positivos motivaram as Comarcas de Miranda, de Três Lagoas e de São Gabriel do Oeste a promoverem ações idênticas. Em Três Lagoas a campanha será do dia 3 de novembro a 20 de dezembro. Já em Miranda, o período será de 15 a 30 de novembro e, em São Gabriel do Oeste, o desarmamento voluntário vai de 1º a 30 de novembro. Nas três comarcas os procedimentos serão os mesmo utilizados em Aquidauana, onde cada arma de fogo foi trocada por uma cesta básica de alimentos. Além disso, as pessoas não precisam se identificar de nenhuma forma, e também concorrem a prêmios em dinheiro. A novidade fica por conta da inclusão de sorteios de bicicletas em Miranda e em São Gabriel do Oeste. Nesta segunda comarca, as armas de brinquedo serão trocadas nas escolas por cupons para sorteio de bicicletas e outros brinquedos.A campanha em AquidauanaO programa foi encerrado, oficialmente, no dia 9 de outubro, ocasião em que aconteceu o sorteio de prêmios aos participantes. A solenidade foi no teatro de Arena Pantaneta em Aquidauana na presença de autoridades. No total foram arrecadadas 89 armas de fogo e 71 facas e punhais. Apenas duas armas de fogo não estavam funcionando.Nove prêmios em dinheiro, nos valores de 250 e de 500 reais, foram sorteados para os participantes da campanha que previa também a premiação da instituição que mais arrecadasse armas. A campeã foi a Associação de Moradores da Vila Paraíso que reuniu 23 armas de fogo e 26 armas brancas.Os precursores do projeto, Juiz de Direito, Aldo Ferreira da Silva Junior, e o Promotor de Justiça, Luiz Eduardo Lemos de Almeida, consideraram positiva a ação e comemoram a atitude dos colegas dos outros municípios que estão instalando o projeto em suas comarcas. “O simples fato de portar uma arma muitas vezes faz com que a pessoa se atreva a cometer um delito. Com ações como esta podemos minimizar o problema, além de conscientizar a população do perigo”, comenta Dr. Aldo Ferreira da Silva. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Acidente envolvendo carreta e ciclista termina em morte na região de Dourados
TRAGÉDIA
Acidente envolvendo carreta e ciclista termina em morte na região de Dourados
REGIÃO
Embriagado, homem coloca fogo no sofá e agride esposa com socos
Central de Vacinação não aplicará D1 contra a Covid-19 em Dourados nesta terça-feira
PANDEMIA
Central de Vacinação não aplicará D1 contra a Covid-19 em Dourados nesta terça-feira
BRASIL
Resultado do Enem será divulgado em 11 de fevereiro
NIOAQUE
Caminhoneiro fica preso às ferragens e morre após acidente na Serra de Maracaju 
REGIÃO
Homem tenta matar ex-marido de enteada e é preso
BONITO
Anta de mais de 200 kg atolada à margem de rio é resgatada
BELEZA E ESTÉTICA
Descubra a argila ideal para cada tipo de pele
REGIÃO
Polícia apreende espingardas e facas durante cumprimento de mandados em assentamento
DOURADOS
Após entrega de prêmios, Aced anuncia tema do Concurso de Fotografia 2022

Mais Lidas

DOURADOS
Vítima diz que assaltante devolveu dinheiro roubado após oração
CHAPADÃO DO SUL
Motociclista morre e mulher fica gravemente ferida após colisão frontal na MS-306
DOURADOS
Homem invade residência da ex, agride jovens com garrafa e acaba preso
LOTERIAS
Sete apostas de Dourados faturam R$ 1,1 mil na quadra