Menu
Busca sexta, 05 de março de 2021
(67) 99257-3397

Desaldeados deixam de ser incluídos em projetos de ajuda

08 junho 2004 - 00h40

Índios desaldeados poderão ser atendidos pelo programa Fome zero, do governo Federal. A novidade foi anunciada hoje em Campo Grande, durante reunião entre técnicos dos governos estadual e federal para avaliar o resultado das ações do programa nas aldeias do Estado. Mais do que distribuição de alimentos o objetivo é implantar projetos. Parecido com o que acontece na aldeia de Caarapó onde os índios estão reproduzindo alimentos e artesanatos e também na nação Terena que produz cerâmica. Mato Grosso do Sul recebeu R$ 5 milhões para investir em 70 aldeias, em 28 municípios. Mas a proposta já vai beneficiar 11 mil índios. Só que a iniciativa não prevê ajuda para os mais de 15 mil índios desaldeados que vivem nas periferias das cidades. Gente como a índia Terena, que saiu da aldeia em Maracaju em busca de boas escolas. Em apenas um acampamento na periferia de Campo Grande vivem a mais de um ano, 70 famílias de índios Terenas, Guatós e Caiuás. Eles reclamam que nunca receberam a visita de representantes da Funai e Fundação Nacional de Saúde. Incentivar pequenos projetos para ajudar também os índios desaldeados é um projeto lançado esta semana. São R$ 7 milhões disponíveis. Como ter um projeto aprovado e conseguir de fato o dinheiro é outro desafio. O caminho passa primeiro por associações constituídas oficialmente, coisa que por enquanto os índios desaldeados não tem. Sobre a reclamação dos índios, o administrador regional da Funai, Márcio Justino, explicou hoje que a Funai não tem verba específica para atender a comunidade do Jardim Noroeste, em Campo Grande. Ele garantiu que amanhã pela manhã estará visitando o local para ouvir as reivindicações. Já a Funasa explicou que só atende índios que vivem nas aldeias. Os que vivem na cidade devem procurar atendimento pelo Sistema Único de Saúde.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Banco do Brasil oferece prova de vida do INSS por aplicativo
Eleição em igreja evangélica termina com confusão e pastor escoltado
Soraya Thronicke lembra que aprovação da PEC Emergencial vai salvar vidas
REGIÃO
Soraya Thronicke lembra que aprovação da PEC Emergencial vai salvar vidas
PAGAMENTO
Salários dos servidores de Dourados estão disponíveis para saque
FRONTEIRA
Dono de empresa de guincho é executado a tiros dentro de caminhonete
TEMPO
Sexta-feira nublada com possibilidade de chuva em Dourados
PARAÍSO DAS ÁGUAS
Jovem morre ao ser atingido por raio quando trabalhava em fazenda
POLÍTICA
Secretário da prefeitura de Dourados vai à Brasília destravar projetos e obras
TRÊS LAGOAS
Vizinhos ouvem tiro, denunciam e mulher é encontrada ferida em residência
FUTEBOL
STJD indefere pedido do Vasco para anulação de jogo com o Inter

Mais Lidas

DOURADOS 
Vídeo mostra momento da colisão entre veículos em Dourados
PONTA PORÃ
Casal é assassinado na fronteira e corpos são deixados um ao lado do outro
NOVA DOURADOS
Colisão entre veículos deixa pessoa gravemente ferida em Dourados
PANDEMIA 
Secretário alerta para nova variante do coronavírus na região da Grande Dourados