domingo, 21 de abril de 2024
Dourados
29ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Deputado que não comparecer na Câmara amanhã será punido

14 setembro 2003 - 09h54

Deputados que faltarem à sessão da Câmara na nesta segunda-feira (15) sofrerão medidas administrativas, entre elas o corte de um percentual dos proventos. A informação foi dada pelo vice-líder do governo, deputado Professor Luizinho (PT-SP). Segundo ele, os líderes da base aliada estão convocando os parlamentares para evitar a falta de quorum, na sessão convocada para as 18 horas desta segunda-feira para votar duas Medidas Provisórias que passarão a trancar a pauta de votações. “A convocação tem efeitos administrativos, quem não comparecer vai perder o dia”, alertou. As MPs a serem apreciadas são a 125, que trata da prorrogação do Refis, e a 126, que responsabiliza a União em caso de atentados contra aeronaves operadas por empresas brasileiras de transporte público. A conclusão do primeiro turno da reforma tributária ficou para terça-feira (16). Falta votar em plenário seis destaques e 12 emendas ao texto principal, mais isso só vai ser possível depois da votação das duas medidas provisórias. Uma possível ausência dos parlamentares na sessão de segunda poderá atrasar ainda mais a tramitação da reforma. Com os atrasos, na melhor das hipóteses, o segundo turno só será realizado no dia 23 deste mês. O grande empecilho pode ser a oposição que vem sendo feita sistematicamente pelo PFL. Os pefelistas já apresentaram uma proposta de acordo com quatro pontos, entre eles os incentivos fiscais dos Estados. Caso não haja consenso, o partido ameaça repetir a estratégia de apresentar emendas aglutinativas para protelar os trabalhos em plenário. De acordo com professor Luizinho, o PFL tem apresentado pleitos impossíveis de serem atendidos, “mantemos um permanente diálogo com quem realmente quer dialogar. A apresentação de emendas se transformou em uma maratona, mas a base aliada está trabalhando a favor do Brasil e em algum momento o Brasil sairá vencedor dessa história”, afirmou o parlamentar.Sobre a onda de reclamações contra a reforma tributária que já começou a surgir no Senado da parte de parlamentares das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, o líder do PMDB na Câmara, deputado Eunício Oliveira (CE), disse que os senadores estão fazendo tempestade em copo d’água. “Até agora não fizemos outra coisa a não ser buscar melhorar o texto da reforma na Câmara dos Deputados. É natural que os senadores procurem fazer uma melhoria no texto, mas o argumento de aumento de carga tributária, é discurso de oposição”, disse.O deputado fez questão de dizer que brigas regionais devem ser substituídas por uma luta mais global, como a ampliação do Fundo de Desenvolvimento Regional para 3%, “no lugar de retirar regiões, precisamos é ampliar o fundo de 2% para 3%”, explicou Eunício ao assinalar que tem muita gente reclamando, mas todos querem a reforma tributária.Ao comentar as críticas do líder do partido no Senado, Renan Calheiros (AL), que disse achar improvável a aceitação no Senado do texto aprovado pelos deputados, Eunício diz partilhar das preocupações de Calheiros quanto ao aprofundamento da discussão sobre a reforma, mas não tem dúvidas de que, no Senado, o PMDB também vai dar sua contribuição para melhorar o texto.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Idosa é presa ao tentar levar cocaína nos chinelos para filho em presídio
REGIÃO

Idosa é presa ao tentar levar cocaína nos chinelos para filho em presídio

Brasil deve exportar 96 milhões de toneladas de soja em 2024
ESTIMATIVA

Brasil deve exportar 96 milhões de toneladas de soja em 2024

SAÚDE

Apenas 22% do público-alvo se vacinou contra a gripe

CONSUMIDOR

Senacon notifica sites de e-commerce por venda de dióxido de cloro

CULTURA

Mulheres sambistas lançam livro-disco infantil com protagonista negra

FUTEBOL

Palmeiras e Flamengo se enfrentam pelo Campeonato Brasileiro

CULTURA

Intervenções urbanas descortinam outra Brasília

EDUCAÇÃO

Seleção oferta bolsas para estudantes-atletas do IFMS

HEMISFÉRIO SUL

'Cometa do Diabo' poderá ser visto em todo o Brasil neste domingo

UNIVERSIDADE

Mestrado em Agronomia abre inscrições para aluno regular

Mais Lidas

DOURADOS 

Jovem é estuprada após ser abordada por desconhecido em Saveiro branco

COTAÇÃO

Soja segue em destaque no mercado do agro em Dourados, confira cotação

DOURADOS

Justiça manda arquivar processo de improbidade contra envolvidos na Operação Pregão

DOURADOS 

Mulher de 46 anos morre atropelada por motocicleta na MS-156