Menu
Busca quarta, 12 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Deputada do PL quer novo cadastro para reforma agrária

21 setembro 2004 - 15h26

O Programa de Reforma Agrária poderá ter um novo sistema de cadastro. A deputada Kátia Abreu (PFL-TO) apresentou projeto de lei (PL 4094/04) que cria o Sistema Nacional de Cadastro para o Programa de Reforma Agrária (Sinpra) e também o Conselho Deliberativo de Gestão destinado a administrar o Sinpra, o Gesinpra.O projeto exclui do Programa de Reforma Agrária os participantes de esbulhos possessórios e de invasões de terras ou de prédios públicos, mediante controle e monitoramento das entidades participantes do Gesinpra e das polícias militares municipais ou estaduais. Constatada a participação em esbulho possessório ou invasão, o Gesinpra deverá providenciar o imediato cancelamento da inscrição do candidato, providenciando a substituição por outra família cadastrada. O Gesinpra, de acordo com o projeto, será integrado por oito conselheiros, representantes dos ministérios do Desenvolvimento Agrário; da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; e da Justiça; do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra); da Comissão de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados; da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA); da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Agricultura Familiar (Contag); e da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB). O presidente do órgão deverá ser o representante do Ministério do Desenvolvimento Agrário.Segundo a autora, o objetivo do projeto é garantir maior qualidade aos assentamentos e ao Programa Nacional de Reforma Agrária. Ela acrescenta que o cadastramento e a seleção de candidatos são de extrema importância para o sucesso do Programa e o beneficiário deve ser necessariamente o agricultor.Kátia Abreu observa que dificilmente o Brasil, ou qualquer outro país, poderá sustentar uma população rural que represente 5% da população economicamente ativa. Ela enfatiza que a tecnologia avançada e os mercados competitivos, resultado da economia de escala e da globalização da economia, fazem com que os pequenos, médios e grandes produtores rurais tenham que produzir cada vez mais, com qualidade e com regularidade. "Aqueles que não atingem as exigências dos mercados consumidores não conseguem sustentabilidade e tendem ao êxodo rural, o que exige forte intervenção pública para contrapor a exclusão rural", diz a deputada.A seleção dos beneficiários deve ser criteriosa, assinala Kátia Abreu, "sob pena de caracterizar o Programa apenas como uma política compensatória equivocada, de alto custo para a sociedade e fadada ao insucesso. Por isso, o acesso, segundo ela, deve ser dado prioritariamente aos filhos de agricultores e trabalhadores rurais e aos profissionais de ciências agrárias", afirma a deputada.Ela argumenta também que o agricultor não deve ser selecionado "pelo simples fato de ser um acampado ou integrante de movimento social". É mais coerente, diz ela, o Governo distribuir cestas básicas e capacitar as famílias das periferias das cidades para o emprego urbano do que envolver desqualificados no trabalho rural. "Para que a Reforma Agrária promova a justiça social e contribua para a economia nacional, é fundamental separar o aventureiro urbano do rurícola, valorizando este último e o empreendedorismo, e tendo como horizonte a perspectiva de renda e sustentabilidade", assinala a deputada. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Audiência pública vai debater hoje o piso salarial de enfermeiros
POLÍTICA
Audiência pública vai debater hoje o piso salarial de enfermeiros
AJUDA
Caixa libera saques do auxílio para novo grupo; veja quem recebe
UFGD
Pesquisador descobre novas espécies de peixes na bacia do Taquari
CPI ouve hoje Wajngarten sobre 'incompetência' do Ministério da Saúde
SENADO
CPI ouve hoje Wajngarten sobre 'incompetência' do Ministério da Saúde
Doações para campanha 'Aqueça Uma Vida' podem ser feitas até dia 18
SOLIDARIEDADE
Doações para campanha 'Aqueça Uma Vida' podem ser feitas até dia 18
COXIM
Corpo encontrado em lagoa fica sobre "reboque" até chegada da polícia
TEMPO
Quarta-feira nublada com possibilidade de chuva em Dourados
RECURSO PRIVILEGIADO
Ação contra exclusão de multas no Detran prende um com CNHs falsas
SENADO
Aprovado caráter permanente do Programa se apoio às Microempresas 
CAPITAL
Caminhão tomba e espalha carga de soja sobre rodovia

Mais Lidas

PANDEMIA
Levado pela Covid-19, "João da União" deixa legado para família e em Dourados
INDÁPOLIS
'Frio' e com roupa ainda suja de sangue, assassino de tio não mostrou arrependimento ao ser preso
DOURADOS
Homem morre no HV após acidente com condutor que empinava moto
PANDEMIA
Novo decreto mantém toque de recolher às 21h e autoriza abertura de cinema em Dourados