Menu
Busca sábado, 08 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Denunciada nova suspeita de febre aftosa no Paraguai

12 agosto 2004 - 10h09

Denunciada uma nova suspeita de foco de febre aftosa no rebanho bovino de propriedades localizadas no departamento de Canindeyú, no Paraguai, próximo a fronteira com o Brasil, na região de Mato Grosso do Sul. Nessa mesma região, na localidade de Corpus Christi, foi registrado em outubro de 2002 um foco da doença, sendo que, em julho do ano passado, outro episódio foi confirmado em Boquerón, também no Paraguai.No entanto, nesse novo caso, o Senacsa (Serviço Nacional de Saúde Animal) do Paraguai, de posse de provas laboratoriais, descartou que há um novo foco de febre aftosa em propriedades rurais de Canindeyú. Conforme o presidente do órgão, Hugo Corrales, os bovinos de propriedades da área estão infectados com a enfermidade conhecida como IBR (Rinotraqueitis Infecciosa Bovina) que apresenta lesões parecidas com as da aftosa.Ainda de acordo com ele, no dia 4 de agosto a Senacsa recebeu uma denúncia do pecuarista Juan Ramón Gimenez, da cidade de Villa Ygatimí, onde tem 1.131 animais, informando sobre animais que apresentavam lesões parecidas com as da febre aftosa. O órgão de defesa sanitária do Paraguai destinou uma equipe de especialista que coletou 12 mostras de sangue dos animais para serem analisadas em laboratórios da entidade em Assunção, capital do Paraguai.Os resultados, segundo Corrales, descartam a possibilidade de um foco de febre aftosa e confirmam a presença de um caso de IBR. “Pelo menos dez das 12 amostras de sangue coletadas junto aos animais deram como positivo para o IBR”, garante o presidente do Senacsa.Independente disso, Corrales informa que foi ativado um sistema de vigilância para monitorar a situação na região da fronteira. Ele disse ainda que outras equipes da Senacsa se dirigiram para a colônia de Itanará, onde também existe animais com sintomas de IBR. Corrales disse que está tranqüilo porque todos os animais da referida região foram vacinados no ano passado e neste ano contra a febre aftosa, sendo que o índice de imunização em Canindeyú foi de 87% do rebanho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Técnico Enderson Moreira é internado em MG após princípio de infarto
GERAL
Técnico Enderson Moreira é internado em MG após princípio de infarto
PANDEMIA
Como fazer suas compras de mantimentos de forma segura
PANDEMIA
Covid-19: o que fazer com as compras quando chegar em casa
CPI
CPI mira vacinas em audiências com Anvisa e Pfizer
Comissão debate representatividade política das pessoas com deficiência
DIREITOS HUMANOS
Comissão debate representatividade política das pessoas com deficiência
POLÍTICA
Pauta do Plenário tem três MPs, Loteria da Saúde e proibição de reajuste de medicamentos
SAÚDE
Pesquisa mostra aprofundamento de desigualdades na infância
GERAL
Explosão de gás destrói restaurante em Belém
ASTRAZENECA
Ministério da Saúde anuncia distribuição de doses para próxima segunda
POLÍTICA
Secretaria da Mulher debate situação das domésticas na pandemia

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher presa com armas, drogas e veículos mantinha relacionamento com interno da PED
JÓQUEI CLUBE
Jovem é presa em Dourados com armamento de uso restrito, drogas e veículo clonado
DOURADOS
Carga de tijolos cai de caminhão em rotatória na Coronel Ponciano; veja vídeo
BR-163
Colisão entre viatura e carreta termina com policial ferido