domingo, 21 de abril de 2024
Dourados
28ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Delegado encerra caso PCC e Gugu não é indiciado

25 setembro 2003 - 16h18

O delegado do Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado (Deic) Alberto Pereira Matheus Jr. declarou hoje encerradas as investigações sobre o caso PCC no Domingo Legal e informou que o apresentador Gugu Liberato não será indiciado. Matheus é responsável pelas investigações sobre a exibição da reportagem com dois integrantes falsos do PCC no programa do SBT. Em entrevista coletiva, o delegado disse que o próximo passo é a preparação do inquérito com os cinco indiciados. Será pedida também a prisão preventiva do produtor Hamilton Tadeu dos Santos, o Barney, que organizou a reportagem. Os outros indiciados no caso são o produtor do Domingo Legal Rogério Casagrande, o repórter Wagner Massezoli e os dois contratados para a falsa entrevista, Wagner Faustino da Silva, o "Alfa", e Antônio Rodrigues da Silva, o "Beta". Para o delegado, será difícil que Gugu seja implicado. No máximo, seguiu Matheus, Gugu seria indiciado por apologia ao crime, que não prevê condenações em regimes fechados, somente penas alternativas. Matheus disse que foram quebrados os sigilos telefônicos do envolvidos e que nada comprometedor foi encontrado nas gravações. O caso passará agora para a Comarca de Osasco, que fica mais próxima da sede no SBT. Participaram também da entrevista coletiva dois promotores do Grupo de Atuação e Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público, Roberto Porto e Marcio Cristino e o delegado Godofredo Bittencourt. O apresentador Gugu Liberato manteve em depoimento de duas horas esta tarde no Deic a versão de que não sabia do conteúdo da entrevista com falsos integrantes do PCC veiculada pelo programa Domingo Legal no último dia sete. De acordo com o deputado Wanderlei Siraque (PT), que acompanhou o depoimento em nome da Comissão de Segurança da Assembléia Legislativa de São Paulo, Gugu responsabilizou o SBT e a produção pela farsa no programa. O advogado de Gugu, Adriano Salles Vanni, tem uma versão diferente sobre esse ponto do depoimento. Vanni afirma que Gugu sustentou a tese de que a produção do programa teria sido enganada. O apresentador teria renovado sua confiança na equipe. "São pessoas experientes", explicou Vanni. Gugu teria voltado a negar que tivesse conhecimento do conteúdo da fita, que teria sido editada apenas 15 minutos antes de ir ao ar.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Minas Tênis Clube conquista título da Superliga feminina de vôlei
ESPORTE

Minas Tênis Clube conquista título da Superliga feminina de vôlei

Trigo resistente ao calor vira alternativa para alimentação de gado
SOLUÇÃO

Trigo resistente ao calor vira alternativa para alimentação de gado

Explosão deixa homem ferido com queimaduras de 3° grau
REGIÃO

Explosão deixa homem ferido com queimaduras de 3° grau

Fantasiar-se é terapêutico, dizem jovens em evento geek em Brasília
COMPORTAMENTO

Fantasiar-se é terapêutico, dizem jovens em evento geek em Brasília

Casos da doença cisticercose aumentam no Brasil
PREOCUPAÇÃO

Casos da doença cisticercose aumentam no Brasil

ESPORTE

Aída dos Santos participa do Centenário das Negritudes Esportivas

MAUS-TRATOS

Dona de ONG é liberada e terá de apresentar relatório médico de 560 animais

CAMPEONATO ESTADUAL

DAC divulga escalação para a final do estadual, logo mais em Campo Grande

BRASIL

Aliados de Bolsonaro fazem ato político no Rio de Janeiro

CLIMA

Dourados deve ter semana sem chuvas e com temperaturas mais elevadas; confira a previsão

Mais Lidas

DOURADOS 

Jovem é estuprada após ser abordada por desconhecido em Saveiro branco

COTAÇÃO

Soja segue em destaque no mercado do agro em Dourados, confira cotação

DOURADOS

Justiça manda arquivar processo de improbidade contra envolvidos na Operação Pregão

DOURADOS 

Mulher de 46 anos morre atropelada por motocicleta na MS-156