Menu
Busca domingo, 17 de outubro de 2021
(67) 99257-3397

Delegado diz que não errou e vai intimar tia de Isabella

11 abril 2008 - 16h42

A Polícia Civil de São Paulo deve intimar, a partir de segunda-feira (14), Cristiane Nardoni, tia da garota Isabella que foi encontrada morta em 29 de março. Ela morreu após cair do sexto andar do prédio onde vivia seu pai, Aexandre Nardoni, na Zona Norte da capital.

Os investigadores querem saber se Cristiane é mesmo a pessoa que foi citada em depoimento de um funcionário de um bar da Zoa Norte de São Paulo. A testemunha disse à polícia ter visto uma mulher, que estava no bar na noite em que a menina morreu, ter atendido um telefonema, se desesperado e comentar "aconteceu uma desgraça na minha família".

De acordo com o delegado que preside o inquérito, Calixto Calil Filho, a testemunha não soube afirmar com certeza se a mulher era a tia de Isabella. A polícia agora procura obter imagens gravadas no bar, quer saber quem reservou mesa para uma festa de aniversário naquela noite.

Jogo jurídico
Calil Filho definiu como um "jogo jurídico" a soltura do pai de Isabella, Alexandre Nardoni, e de sua mulher, Anna Carolina Jatobá, nesta sexta-feira (11). Segundo o delegado, a polícia está aguardando o resultado dos laudos periciais, que devem ser concluídos até o final da próxima semana, para poder fazer uma reconstituição do dia da morte da menina e, se for houver provas suficientes, pedir a prisão preventiva do casal.

De acordo com Calil Filho a polícia não se precipitou ao pedir a prisão do casal como criticou a defesa. "Não erramos. Somos fiscalizados pelo Ministério Público, que acatou o pedido e a Justiça também. Então os três erraram?", questionou.

Para ele, a maior incongruência no caso é o fato de o pai Alexandre ter dito à polícia que viu um homem de camiseta preta de costas no hall do sexto andar na noite da morte da criança. Entretanto, segundo o delegado, nem o porteiro nem outras pessoas do prédio viram alguém com essas características no edifício naquela noite.

Calixto também confirmou que o pai de Isabella disse em depoimento que seu apartamento tinha sido arrombado. Já a defesa do casal afirma que no depoimento de Alexandre à polícia não há menção a um terceiro suspeito nem tampouco ao arrombamento do imóvel. A perícia policial não constatou sinais de invasão no apartamento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Força tarefa da Prefeitura de Dourados retira 50 árvores caídas
DEFESA CIVIL
Força tarefa da Prefeitura de Dourados retira 50 árvores caídas
REGIÃO
Homem é flagrado na BR-267 com droga que saiu de Dourados
Homem é esfaqueado durante discussão e é socorrido para hospital
REGIÃO
Homem é esfaqueado durante discussão e é socorrido para hospital
Última vítima de naufrágio no Pantanal é encontrada por bombeiros
TRAGÉDIA
Última vítima de naufrágio no Pantanal é encontrada por bombeiros
REGIÃO
Filhotes de beija-flor são resgatados de ninho após ventania
POLÍTICA
Aziz adia para quarta-feira a leitura do relatório da CPI
REGIÃO
Polícia resgata filhotes de pica-pau e periquitos que caíram de ninho em tempestade
ECONOMIA
B3 oferece cursos para quem quer aprender a operar no mercado de ações
REGIÃO
Sandero com mais de 220 quilos de drogas é apreendido na MS-162
ESPORTE
Mundial de Ginástica Artística começa nesta segunda-feira

Mais Lidas

CLIMA
ASSUSTADOR: Vídeo mostra chegada da tempestade de poeira em Dourados
DOURADOS
Asfalto de avenida cede na região Norte e trânsito é interrompido
CLIMA
Alan decreta situação de emergência após temporal que deixou rastro de destruição em Dourados
CLIMA
Ventos de 40 km/h causam estragos em Dourados