sexta, 21 de janeiro de 2022
Dourados
38°max
23°min
Campo Grande
35°max
22°min
Três Lagoas
37°max
23°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Delcídio questiona administração da hidrovia Paraguai

24 setembro 2003 - 12h30

O senador Delcídio do Amaral (PT/MS) estará ainda hoje, com o ministro Anderson Adauto, dos Transportes. Vai discutir a suposta transferência da Administração da Hidrovia Paraguai de Corumbá para Campo Grande. A notícia, veiculada no último final de semana, causou perplexidade e deixou preocupadas lideranças empresariais de Corumbá. Elas estão entusiasmadas com o anúncio de investimentos na  região, feitas durante as festividades do aniversário da cidade pelo senador Delcídio e pelo secretário do governo estadual, Paulo Duarte, ambos corumbaenses. “A princípio, não faz o menor sentido transferir a sede de um órgão que cuida da hidrovia do Rio Paraguai para a capital, que fica a mais de 400 km de Corumbá. Se a intenção dos novos administradores for mesmo essa eles devem ter uma justificativa plausível. Ou será que estão pensando em cuidar também dos córregos Prosa e Segredo?”, pergunta o senador. Delcídio disse que vai aguardar a resposta do Ministério para depois tomar providências que preservem os interesses da população de Corumbá e Ladário.“Pelo Rio Paraguai são escoadas todos os anos 20 milhões de toneladas dos mais variados produtos. Com a termelétrica, o  projeto minero-siderúrgico e o pólo gás-químico que a região vai receber a partir de 2004, a tendência é de que o volume de material transportado pela hidrovia aumente consideravelmente nos próximos anos. E isso terá de ser acompanhado de perto. Não me parece lógico que esse acompanhamento seja feito , com o rigor necessário, a partir de Campo Grande”,  pondera o senador.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA

Unigran contrata profissionais para diferentes áreas de atuação 

Central de Atendimento ao Cidadão retoma atendimento nesta sexta
DOURADOS

Central de Atendimento ao Cidadão retoma atendimento nesta sexta

Mãe do presidente Jair Bolsonaro morre aos 94 anos em São Paulo
REGISTRO

Mãe do presidente Jair Bolsonaro morre aos 94 anos em São Paulo

Polícia apreende carga de contrabando e descaminho na MS-270
DOURADOS

Polícia apreende carga de contrabando e descaminho na MS-270

TEMPO

Sexta-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados

SÃO GABRIEL

Motorista morto em acidente na BR-163 ficou preso sob o caminhão

GERAL

Vacinação infantil irregular terá consequências, diz ministro

Erradicação de plantações de maconha no Paraguai batem recorde 

EX-MINISTRO

MP questiona liberação de madeira apreendida em operação contra Salles

REGIÃO

Tenente da PM é encontrado morto em quarto de hotel na Capital

Mais Lidas

REGIÃO

Jovem acusado de assassinar diretor de escola em 2012 troca tiros com a polícia e morre

REGIÃO

Trabalhador morre após sofrer descarga elétrica na BR-463

FRONTEIRA

Líder do PCC que tinha fugido de presídio do Brasil, é preso junto a comparsas no Paraguai

FRONTEIRA

Ostentação levou polícia até professor que faturava alto para guardar drogas