terça, 09 de agosto de 2022
Dourados
16°max
12°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Delcídio participa do Seminário de Desenvolvimento da Fronteira

11 setembro 2003 - 12h11

O Senador Delcídio do Amaral (PT/MS) participa amanhã, dia 12 de setembro, em Ponta Porã, do seminário A Faixa de Fronteira e o Desenvolvimento, que vai debater alternativas para estimular o crescimento econômico  da região de fronteira do Brasil com o Paraguai.Durante todo o dia, autoridades brasileiras e paraguaias estarão reunidas no Hotel Barcelona, a partir das 8h30, para discutir temas como infra-estrutura (rodovias, ferrovia, saneamento, energia e comunicações), política tributária, financiamento da produção, segurança pública, saúde, educação, assistência social e o Mercosul.Já estão confirmadas as presenças do senador Domingo Laíno, um dos principais interlocutores do governo paraguaio com o governo brasileiro, o secretário de Desenvolvimento Regional do Centro-Oeste, Fausto Mato Grosso, o presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul, Alfredo Fernandes, os Secretários Estaduais de Infra-estrutura, Maurício Arruda, Produção, José Felício e Assistência Social, Heloísa Castro Berro, os prefeitos de Ponta Porã, Vagner Piantoni, e Pedro Juan Caballero, Angélica Valdez, além de empresários, dirigentes do Sebrae, Sesi, Sesc, representantes de universidades públicas e privadas, das prefeituras e associações comerciais de 21 municípios da região de fronteira.Delcídio do Amaral quer articular os esforços das prefeituras, do governo do estado e da União para promover um conjunto de ações que estimulem o desenvolvimento da região. - O governo federal já dispõe de legislação que dá um tratamento especial aos municípios de fronteira. O governo do estado está firmemente empenhado em garantir a infra-estrutura necessária para o desenvolvimento da região. Prova disso é a estrada que liga Antonio, Bela Vista, Caracol e Porto Murtinho, que já está sendo asfaltada e o porto de Murtinho, que pode se transformar em um dos principais pontos de escoamento de nossos produtos. Os prefeitos, por sua vez, fazem o que podem para estimular as atividades econômicas. É preciso articular esses esforços e desenvolvê-los de forma integrada, identificando os principais problemas e  ouvindo as sugestões de diferentes setores da sociedade, para que possamos construir ações concretas que resultem em mais empregos, mais segurança, mais saúde e melhor qualidade de vida para a população

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é preso com maconha que seria entregue em Dourados
TRÁFICO

Homem é preso com maconha que seria entregue em Dourados

Socorrido após acidente na MS-162 morre em hospital
SIDROLÂNDIA

Socorrido após acidente na MS-162 morre em hospital

Relações humanas: a ressignificação do conceito de RH
GESTÃO DE PESSOAS

Relações humanas: a ressignificação do conceito de RH

Polícia captura líder de facção que fugiu de penitenciária paraguaia
PARAGUAI

Polícia captura líder de facção que fugiu de penitenciária paraguaia

Jovem morre no Hospital da Vida após ser baleado na cabeça
POLÍCIA

Jovem morre no Hospital da Vida após ser baleado na cabeça

COTAÇÃO

Frigoríficos testam preços menores para o boi

DOURADOS

Após denunciar furto, homem volta para casa e encontra ladrão dormindo

REGIÃO

Bandidos invadem agência bancária e furtam dinheiro de caixa eletrônico

REGIÃO

PMA autua 26 infratores e aplica mais de R$ 600 mil em multas por incêndios

DOURADOS

Abelhas sem ferrão compartilham o campus com a comunidade universitária na UFGD

Mais Lidas

BR-376

Lutador de MMA douradense é preso com mais de 40 quilos de cocaína

TRAPALHADA

Ladrão esquece mochila aberta e dinheiro roubado voa durante fuga

Adolescente fica gravemente ferido após caminhonete capotar na MS-141

COXIM

Casal de idosos foi morto por menores que levaram R$ 20