sexta, 21 de janeiro de 2022
Dourados
38°max
23°min
Campo Grande
35°max
22°min
Três Lagoas
37°max
23°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Delcídio participa do Seminário de Desenvolvimento da Fronteira

11 setembro 2003 - 12h11

O Senador Delcídio do Amaral (PT/MS) participa amanhã, dia 12 de setembro, em Ponta Porã, do seminário A Faixa de Fronteira e o Desenvolvimento, que vai debater alternativas para estimular o crescimento econômico  da região de fronteira do Brasil com o Paraguai.Durante todo o dia, autoridades brasileiras e paraguaias estarão reunidas no Hotel Barcelona, a partir das 8h30, para discutir temas como infra-estrutura (rodovias, ferrovia, saneamento, energia e comunicações), política tributária, financiamento da produção, segurança pública, saúde, educação, assistência social e o Mercosul.Já estão confirmadas as presenças do senador Domingo Laíno, um dos principais interlocutores do governo paraguaio com o governo brasileiro, o secretário de Desenvolvimento Regional do Centro-Oeste, Fausto Mato Grosso, o presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul, Alfredo Fernandes, os Secretários Estaduais de Infra-estrutura, Maurício Arruda, Produção, José Felício e Assistência Social, Heloísa Castro Berro, os prefeitos de Ponta Porã, Vagner Piantoni, e Pedro Juan Caballero, Angélica Valdez, além de empresários, dirigentes do Sebrae, Sesi, Sesc, representantes de universidades públicas e privadas, das prefeituras e associações comerciais de 21 municípios da região de fronteira.Delcídio do Amaral quer articular os esforços das prefeituras, do governo do estado e da União para promover um conjunto de ações que estimulem o desenvolvimento da região. - O governo federal já dispõe de legislação que dá um tratamento especial aos municípios de fronteira. O governo do estado está firmemente empenhado em garantir a infra-estrutura necessária para o desenvolvimento da região. Prova disso é a estrada que liga Antonio, Bela Vista, Caracol e Porto Murtinho, que já está sendo asfaltada e o porto de Murtinho, que pode se transformar em um dos principais pontos de escoamento de nossos produtos. Os prefeitos, por sua vez, fazem o que podem para estimular as atividades econômicas. É preciso articular esses esforços e desenvolvê-los de forma integrada, identificando os principais problemas e  ouvindo as sugestões de diferentes setores da sociedade, para que possamos construir ações concretas que resultem em mais empregos, mais segurança, mais saúde e melhor qualidade de vida para a população

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEQUENOS NEGÓCIOS

Empresas terão até março para regularizar dívidas do Simples

VIOLÊNCIA

Idoso é assassinado a pauladas por não querer pagar bebida em bar

Alan diz que Dourados aguarda orientação para aplicação de Coronavac em crianças
IMUNIZAÇÃO

Alan diz que Dourados aguarda orientação para aplicação de Coronavac em crianças

SETE QUEDAS

Mulher agredida no Natal morre e suspeito é preso tentando fugir

REGIÃO 

TJ/MS convoca candidatos do Concurso Extrajudicial para prova escrita

REGIÃO

Jovem é preso após agredir com chutes avô de 81 anos

EDITAL

Leda convoca associados para Assembleia Geral Extraordinária

DOURADOS

Riedel reforça compromisso do Governo na reestruturação de Dourados

PANDEMIA

Afastamento de servidores por Covid dificulta ampliação de equipes de testagens

REGIÃO

Homem cai em golpe ao comprar geladeira por R$ 800 na internet

Mais Lidas

REGIÃO

Jovem acusado de assassinar diretor de escola em 2012 troca tiros com a polícia e morre

REGIÃO

Trabalhador morre após sofrer descarga elétrica na BR-463

FRONTEIRA

Líder do PCC que tinha fugido de presídio do Brasil, é preso junto a comparsas no Paraguai

FRONTEIRA

Ostentação levou polícia até professor que faturava alto para guardar drogas