Menu
Busca sexta, 17 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
ELEIÇÕES 2014

Delcídio atenderá reivindicações dos trabalhadores do Lixão de Campo Grande

18 setembro 2014 - 18h06

O candidato da coligação Mato Grosso do Sul com a Força de Todos, Delcídio do Amaral, vai reabrir o Restaurante Popular que durante anos funcionou no bairro Dom Antonio Barbosa, atendendo os moradores da região e os catadores que trabalham no Lixão de Campo Grande.

“Assumo esse compromisso com vocês. Eleito governador, vou reabrir o restaurante que o ex-governador Zeca instalou aqui com o apoio de empresas privadas, servindo diariamente refeições de qualidade a R$ 2 , sete dias por semana, para que as famílias possam almoçar com tranquilidade inclusive aos sábados e domingos”, anunciou Delcídio, durante visita ao Lixão, na tarde desta quinta-feira, 18 de setembro.

Delcídio chegou acompanhado do candidato ao Senado, Ricardo Ayache e da vereadora Thais Helena, e foi recebido por várias lideranças, entre elas o presidente da Cooperativa de Catadores (Coopermaras), Daniel Arguelo, um dos fundadores da ATMARAS (Associação dos Trabalhadores de Material Reciclável do Aterro Sanitário), Estela Cardoso, Rodrigo Carioca e Luiz Henrique Berrocal, do movimento dos catadores individuais que atuam no lixão. O grupo fez vários pedidos ao candidato.

“Tudo o que precisamos é que se construa a nossa Unidade de Triagem de Resíduos. Ela será importante para a vida das famílias dos catadores e esperamos que o Delcídio carregue a nossa bandeira lá no governo do estado”, disse Estela.

“Com a eleição do Delcídio vamos contar com a atenção para alguns dos nossos grandes problemas, como a falta de segurança e de creche. Queremos a atenção dele para as nossas crianças”, disse Luiz Henrique Berrocal. “Estamos agradecidos com a presença do Delcídio e contamos com ele no governo para olhar pela nossa comunidade, que é muito carente”, afirmou Rodrigo Carioca.

Delcídio reafirmou o compromisso de fazer uma gestão “com forte viés social”.

“Esse é o meu desafio: conduzir um governo que traga dignidade àqueles que precisam da mão generosa do estado. Vamos manter os programas sociais, ampliar o número de creches, transformar as unidades da rede estadual de ensino em escolas de educação e tempo integral, investir em saúde preventiva, qualificar os nossos jovens para que eles tenham melhores chances no mercado de trabalho e retomar projetos importantes como o dos Restaurantes Populares. Serão pelo menos 7 aqui na capital, dois em Dourados, um em Corumbá e outro em Três Lagoas. Para isso contamos com o apoio da iniciativa privada e também do governo federal , que disponibiliza recursos para custear a implantação e o funcionamento desses restaurantes”, explicou.

Como senador, Delcídio conseguiu em Brasilia R$ 4,3 milhões para construir o Residencial José Teruel, onde vivem hoje 362 famílias no Dom Antonio Barbosa.

“Eleito governador, vou poder fazer muito mais, construindo novas unidades habitacionais e a tão sonhada Unidade de Tratamento de Resíduos, onde os catadores trabalharão em segurança, garantindo o sustento das famílias. Meu compromisso é com um Mato Grosso do Sul justo, cidadão, com qualidade de vida e oportunidades para todos”, afirmou o candidato, arrancado aplausos das dezenas de pessoas presentes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FOGO AMIGO
Militar baleado ao defender mulher na rua recebe alta de hospital
Dourados enfrenta Miranda na semifinal da Copa Morena neste sábado
ESPORTE
Dourados enfrenta Miranda na semifinal da Copa Morena neste sábado
Com mandado de prisão em abertos, brasileiro é expulso do Paraguai
PARAGUAI
Com mandado de prisão em abertos, brasileiro é expulso do Paraguai
EDUCAÇÃO
UEMS regulamenta retomada gradual das atividades presenciais
FÁTIMA DO SUL
Homem grava vídeo para inocentar esposa: "Erro meu, bebi demais"
IMUNIZANTE
Sociedade Brasileira de Pediatria defende vacinação em adolescentes
MEIO AMBIENTE
Ambiental desmonta acampamento de caçadores às margens do Apa 
NÚMEROS DA TRAGÉDIA
Brasil se aproxima de 590 mil mortes por Covid; média segue estável
DROGA
Paraguai destrói 36 toneladas de maconha que viriam para o Brasil
Cultura prorroga prazo para inscrição ao Auxilio Emergencial

Mais Lidas

DOURADOS
Após denúncias, casal é preso por tráfico no Jardim Guaicurus
24 HORAS DE VACINA
Dourados terá 'viradão' da vacina para aplicar doses em cinco grupos
DOURADOS
'Trevo do DOF' terá viaduto de 40m e ficará pronto em oito meses
DOURADOS
Homem morre no hospital depois de ser atropelado na área central