Menu
Busca quarta, 14 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Delcício pede demissão de diretor da Petrobras

17 junho 2005 - 12h06

O líder do PT no Senado, Delcídio Amaral (PT-MS), rebateu, em plenário, as acusações de que teria causado prejuízos à Petrobras durante o período em que atuou na diretoria de Gás e Energia da estatal, no governo de Fernando Henrique Cardoso. Ele ainda pediu a demissão do atual diretor de Gás e Energia da empresa, Ildo Sauer.
As denúncias foram publicadas na edição de hoje do jornal O Estado de S.Paulo. A matéria se baseia em um documento obtido pelo jornal, no qual mostra que negociações com termelétricas causaram um prejuízo de pelo menos R$ 2 bilhões. A reportagem diz ainda que, mesmo com os prejuízos, o líder do PT conseguiu indiciar nomes para ocupar cargos na atual gestão.
Delcídio Amaral responsabilizou Ildo Sauer, atual diretor de Gás e Energia da Petrobras, pelas denúncias publicadas na matéria. "Essa molecagem tem nome e sobrenome

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONORA
Acusado de matar a ex-mulher com 10 facadas é preso se escondendo em cemitério
JUDICIÁRIO
Plenário do STF mantém decisão que determinou instalação da CPI da Covid
PEDRO JUAN
Atingido a tiros por pistoleiros, homem dirige caminhonete até hospital
Saúde de MS recebe 45.416 medicamentos do kit intubação
COVID-19
Saúde de MS recebe 45.416 medicamentos do kit intubação
Veículos carregados com contrabando são apreendidos
OPERAÇÃO HÓRUS
Veículos carregados com contrabando são apreendidos
CORONAVÍRUS
Com estoque em situação crítica de 'kit intubação', Dourados segue com UTIs lotadas
INFRAESTRUTURA
Governo de MS renova corredores de ônibus em Dourados
Motorista atropela e mata atual marido da ex e deixa bebê em estado grave
UEMS
Divulgado resultado preliminar para seleção de tutores e professores 
BRASIL
Anvisa diz que prazo para liberar vacinas tem a ver com documentação

Mais Lidas

RIO BRILHANTE
Soldado da Polícia Militar é encontrado morto no interior de residência
IZIDRO PEDROSO
Estado doará terrenos e busca parceria para construir casas populares em Dourados
DOURADOS
Homem encontrado morto pode ter envolvimento em esquema de agiotagem internacional
CASA PRÓPRIA
Prefeitura abre recadastramento habitacional em Dourados