Menu
Busca quinta, 28 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Defesa de Geisy quer R$ 1 milhão de indenização da Uniban

12 dezembro 2009 - 09h03

Os advogados que defendem a estudante Geisy Arruda, de 20 anos, hostilizada com palavrões em outubro por ir à universidade com um vestido curto, entraram nesta sexta-feira, com ação de indenização por danos morais. O caso ocorreu dentro do campus da Uniban em de São Bernardo do Campos, no ABC. O valor foi estipulado em R$ 1 milhão.

No processo, encaminhado à 9ª Vara Cível do Fórum de São Bernardo, a defesa de Geisy, que foi capa de revista e participou de programas na TV após o episódio, também entrou com um pedido de tutela antecipada (uma medida de urgência) para que a aluna tenha as faltas abonadas e faça as provas de fim de ano mesmo que em janeiro.

Desde que foi xingada por alunos da universidade, em 22 de outubro, Geisy não voltou às aulas. O argumento da defesa é de que não haveria segurança para o retorno da estudante e ela própria já afirmou em entrevista ter medo de pisar novamente na Uniban.

“É para ela não perder o ano”, justificou o advogado Nehemias Domingos de Melo, um dos defensores da aluna. Ele espera esta manifestação do juiz ainda para a semana que vem. “A da indenização deve levar um ano”, apostou.


Ambição
Procurada, a Uniban pediu que o advogado Vicente Cascione comentasse sobre a ação. Ele informou, por volta de 17 horas, que não havia sido informado sobre o processo, mas adiantou que a Uniban não pagará R$ 1 milhão ou qualquer dinheiro à jovem.

“Acho que todas as pessoas que levam esse valor, um pouco mais ou um pouco menos, são estelionatárias. É um ato de ambição, de posicionamento desonesto dela. Acho que não vai receber nada”, atacou Cascione.

Sobre o abono das faltas, ele considerou difícil que a Uniban conceda esse benefício a Geisy. “Ela teve todas as oportunidades de ir e disse que nunca mais pisaria lá. Então, lá ela não vai mais pisar”, afirmou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Audiências de prestação de contas da prefeitura acontece nesta sexta-feira
JUSTIÇA E SAÚDE
Revogada portaria com punições a quem descumpria quarentena
EFEITO COVID-19
Consultas para tratamento do câncer diminuem 30% em hospital de Campo Grande
POLÍTICA
População pode participar da revisão do Plano Diretor de Dourados
COVID-19
Planos de saúde incluirão mais 6 exames na lista obrigatória
MATO GROSSO DO SUL
Governo faz testes em massa de coronavírus em regiões com surto de Covid-19
NO PALÁCIO DA ALVORADA
Ação contra fake news é para censurar mídias sociais, diz Bolsonaro
MATO GROSSO DO SUL
Projeto prevê suspensão da restrição do CPF por dívidas relativas ao IPVA
PANDEMIA
Ainda com baixa incidência, taxa de contágio de MS é uma das maiores do país
BRASIL
Aras se manifesta contra pedido para apreender celular de Bolsonaro

Mais Lidas

DOURADOS
Paciente com suspeita de coronavírus afasta mais de 20 profissionais da saúde no HV e UPA
PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher