Menu
Busca sábado, 08 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Daniele Hypólito obtém melhor resultado da história no país

19 agosto 2004 - 16h43

A ginasta Daniele Hypólito, 19, finalizou na 12ª posição na classificação dos exercícios combinados individual, nesta quinta-feira, nos Jogos Olímpicos de Atenas (Grécia), registrando o melhor resultado da história do país na prova que define a ginasta mais completa nos quatro aparelhos (solo, trave de equilíbrio, barras assimétricas e salto sobre o cavalo).Antes, o desempenho mais expressivo do país nos exercícios combinados também pertencia à ginasta paulista, que, nos Jogos de Sydney-2000, havia finalizado na 20ª posição. A outra representante do Brasil na final de hoje, a paulista Camila Comin, 21, ficou no 16º lugar. Esta também foi a primeira vez que duas ginastas brasileiras disputaram a final dos exercícios combinados em uma Olimpíada.Daniele totalizou 36,961 pontos. Ela conseguiu seu melhor desempenho nas barras assimétricas, com 9,562 pontos. No salto sobre o cavalo, obteve 8,825, contra 9,337 na trave e 9,237 no solo. Comin finalizou com um total de 36,074 pontos --9,187 (salto sobre o cavalo), 9,437 (barras assimétricas), 8,525 (trave de equilíbrio) e 8,925 (solo).A campeã em Atenas foi a norte-americana Carly Patterson, com 38,387 pontos --uma ginasta dos EUA não vencia os exercícios combinados desde Los Angeles-1984, quando Mary-Lou Retton ganhou o ouro. Ontem, o país já havia quebrado um tabu de cem anos (desde Saint-Louis-1904) ao levar o ouro nos exercícios combinados individual masculino com Paul Hamm.O título de Patterson também valeu os Estados Unidos a liderança no quadro geral de medalhas, com 35 (14 de ouro, 11 de prata e 10 de bronze), superando a China. O gigante asiático também soma 14 insígnias douradas, mas é superado pelo rival no quesito pratas (tem nove) e bronzes (seis), num total de 29 pódios.A russa Svetlana Khorkina levou o bronze na disputa dos exercícios combinados, com 38,211 pontos, enquanto a chinesa Zhang Nan foi bronze (38,049). A também russa Anna Pavlova obteve o quarto lugar, com 38,024. A Romênia, que foi campeã por equipe, alcançou com o melhor resultado no individual geral o quinto lugar de Daniela Sofronie (37,948).  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dourados confirma 127 casos de Covid-19 e cinco mortes atribuídas à doença
PANDEMIA
Dourados confirma 127 casos de Covid-19 e cinco mortes atribuídas à doença
Governador do Rio diz que operação foi 'fiel cumprimento de mandados'
28 MORTOS
Governador do Rio diz que operação foi 'fiel cumprimento de mandados'
MS se aproxima de 240 mil curados da Covid-19, mas óbitos já são quase 6 mil
PANDEMIA
MS se aproxima de 240 mil curados da Covid-19, mas óbitos já são quase 6 mil
Prefeitura garante plantão normalizado na UPA após problemas por falta de médicos
DOURADOS
Prefeitura garante plantão normalizado na UPA após problemas por falta de médicos
Representante de Dourados estreia hoje na Copa do Brasil de Futsal
ESPORTES
Representante de Dourados estreia hoje na Copa do Brasil de Futsal
JUSTIÇA DO TRABALHO
Presidente do TRT-MS é indicado ao cargo de ministro do TST
CONGRATULAÇÃO
Deputado Barbosinha homenageia Dourados News pelos 20 anos
FUTEBOL
Organização da 17ª Copa Assomasul é debatida em MS
IMUNIZAÇÃO
Estado aprova envio das primeiras doses da vacina Pfizer para Dourados
ESTADO
Sábado é o último dia para matrícula de aprovados da UEMS da 4ª convocação

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher presa com armas, drogas e veículos mantinha relacionamento com interno da PED
JÓQUEI CLUBE
Jovem é presa em Dourados com armamento de uso restrito, drogas e veículo clonado
DOURADOS
Carga de tijolos cai de caminhão em rotatória na Coronel Ponciano; veja vídeo
BR-163
Colisão entre viatura e carreta termina com policial ferido