Menu
Busca domingo, 09 de agosto de 2020
(67) 99659-5905

Cúpula do PT quer reforma ministerial mais ampla

26 dezembro 2003 - 15h20

O presidente Lula já deu mostras de que não teme cara feia e que não espera muito de 2004 - o ano "não será dos meus sonhos", disse. Prepare-se, então, para enfrentar o mau humor de seus companheiros, caso confirme sua hesitação em promover uma ampla reforma ministerial. Uma cabeça coroada do PT partiu para o recesso natalino não sem antes perguntar a Lula quando virá a reforma. O presidente, segundo este petista, disse que começará a tratar do assunto em sua volta, em 5 de janeiro. Este seria mais um motivo, segundo ele, para que se interrompam as férias parlamentares de início do ano. "Quem escolhe o ministério é o presidente, mas devemos estar próximos dele para auxilia-lo nas mudanças", diz este petista amigo de Lula e advogado da tese de uma reforma radical. Ou seja, que Lula aproveite a entrada do PMDB no ministério para também enxugar algumas pastas e demitir duas classes de ministros: os fracos e os que ficaram em cima do muro nos momentos de aperto do governo.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPEONATO BRASILEIRO
Santos sai na frente, mas vê Bragantino empatar nos acréscimos
TRÁFICO DE DROGAS
Após perseguição, polícia apreende 300 quilos de maconha
INTERNACIONAL
Polícia entra em confronto com manifestantes em Beirute
CULTURA
Mostra traz 98 filmes de 24 países sobre questões ambientais e sociais
CORONAVÍRUS
Itália tem 463 novos casos de Covid-19 e duas mortes em 24 horas
OPINIÃO
Autossuficiência que almejamos
PANDEMIA
Brasil registra 3 milhões de casos de coronavírus e 101 mil mortes
BRASILEIRÃO
Flamengo é derrotado pelo Atlético-MG com gol contra de Filipe Luís
FUTEBOL
STJD aceita pedido do Goiás e partida contra o São Paulo é adiada
INTERNACIONAL
Doadores prometem ajuda humanitária “importante” ao Líbano

Mais Lidas

DOURADOS
Homicídio ocorreu após madrugada de farra e confusões na Jaguapiru
PANDEMIA
Paciente internado em Dourados morre de coronavírus
DOURADOS
Equipe do Samu se desloca para atender vítima de facadas em bairro
PANDEMIA
Cerca de 90% douradenses diagnosticados com Covid estão recuperados