Menu
Busca terça, 18 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Cruzeiro sofre goleada do lanterna no Mineirão: 4 a 1

01 setembro 2004 - 21h50

O Cruzeiro entrou em campo na noite desta quarta-feira, no Mineirão, buscando uma goleada para embalar no Campeonato Brasileiro. Porém, ao contrário, sofreu uma goleada histórica para o Paraná Clube que venceu a primeira partida fora de casa na competição nacional por 4 a 1. Christian, Maranhão, Galvão e Marcel marcaram para os paranaenses. Guilherme descontou para os mineiros. Com a derrota, o time mineiro despencou da 10ª colocação para a 13ª posição, com 38 pontos. Já o Tricolor paranaense chegou aos 26 pontos, ainda na zona de rebaixamento, mas deixando a lanterna para o Guarani. Na próxima rodada, o time mineiro pega o Palmeiras e o time paranaense recebe o São Paulo. O jogoEmbalado pelo empate com o Santos, quando esteve perdendo por 4 a 1, mas conseguiu chegar a igualdade, o Cruzeiro entrou em campo disposto a iniciar de vez a tão esperada arrancada no Brasileiro. E a tarefa não parecia difícil, afinal tinha pela frente o lanterna da competição e ainda jogava diante de sua torcida.Por outro lado, de técnico novo, o Paraná Clube buscava desesperadamente somar pontos para sair da perigosa zona de rebaixamento da competição. Como não seria diferente, o time mineiro tomou a iniciativa da partida, buscando as jogadas de ataque. O Paraná só deixava a defesa nos contra-ataques. Mais adiantado em campo, logo aos nove minutos, a Raposa teve sua primeira chance de chegar ao primeiro gol. O meio-campo Márcio passou por dois adversários, entrou na área e chutou forte.O goleiro Flávio fez boa defesa e evitou a abertura do laçar. Jogando nos contra-ataques, o Tricolor paranaense tentava chegar ao ataque com Christian. Aos 13 minutos, Galvão puxou o contra-ataque, tentou passar por Marco Aurélio, mas foi parado com falta próximo a meia lua. Um minuto depois, Christian fez ótima cobrança e colocou a bola no ângulo superior direito de Artur para fazer Paraná 1 a 0. Animado com o gol, o Paraná continuou no ataque. Aos 18 minutos, a bola foi lançada para a área do Cruzeiro, Irineu afastou de cabeça para fora da área. A bola sobrou para Maranhão que foi derrubado, em um lance parecido no que originou o primeiro gol. Christian novamente fez a cobrança e quase ampliou. A bola passou rente ao gol de Artur. O time do Cruzeiro não conseguia armar as jogadas pelo meio e tentava os lançamentos na área, buscando os atacantes. Porém, a zaga do Paraná levava vantagem. Quando o time mineiro passou a tocar a bola, passou também a levar perigo ao gol de Flávio. Aos 30 minutos, Fred recebeu na direita, invadiu a área e chutou forte. A bola bateu no travessão. Logo depois aos 36 minutos, a bola foi tocada para Fred no meio. O atacante fez boa jogada, livrou-se do zagueiro dentro da área e chutou cruzado. Novamente a bola bateu na trave, assustando o goleiro Flávio. Na volta, Márcio ainda tentou completar, mas desperdiçou a chance. Depois do sufoco, aproveitando uma bobeira da defesa do Cruzeiro, o Paraná surpreendeu. Aos 43 minutos, depois de um sucessão de erros na defesa do adversário, Cristian cruzou para a área. A bola encontrou Maranhão que de cabeça completou para fazer Paraná Clube 2 a 0, levando a vantagem para o intervalo. Na volta para o segundo tempo, o técnico Marco Aurélio tirou o xará da lateral-esquerda e colocou o atacante Guilherme para tentar chegar mais ao ataque. Wendel foi deslocado para a esquerda. O Paraná voltou com a mesma formação. Porém, as mudanças no início da segunda etapa não surtiram muito efeito. Com a vantagem no placar, a equipe paranaense, que já havia mardo bem no primeiro tempo, passou a travar a partida no meio-campo, cometendo muitas faltas. O jogo ficou feio, com as equipes sem conseguirem chegar ao ataque. Porém, em um lance inusitado, que retratou o futebol apresentado pelo Cruzeiro na segunda etapa, aos 17 minutos, o goleiro Flávio deu um chutão para a frente. A bola caiu na defesa mineira. O jovem zagueiro Irineu se atrapalhou com a bola que sobrou para Galvão carregar, passar por Artur e tocar para o gol vazio para fazer Paraná 3 a 0, sob olhares incrédulos do torcedor. Depois de sofrer o terceiro gol e ver a goleada começar a ser formada, os jogadores da Raposa passaram também a jogar sob as vaias do torcedor que pedia raça. O time mineiro passou a imprimir um ritmo maior, dando a impressão que iniciaria uma reação. E aos 20 minutos, Jussiê fez boa jogada pela direita, entrou na área e tocou para trás. A bola sobrou para Guilherme que, na sua segunda oportunidade na partida bateu de primeira para diminuir para o Cruzeiro.Porém, jogando nos contra-ataques e aproveitando a série de erros do time mineiro, o Paraná tratou de colocar um fim na reação da Raposa. Aos 27 minutos, Marcel recebeu passe de calcanhar na entrada da área e chutou no canto direito rasteiro de Artur para fazer Paraná 4 a 1. A bola ainda bateu na trave antes de entrar no gol.Desta vez, ao contrário da partida contra o Peixe, quando esteve perdendo por 4 a 1, mas conseguiu o empate no final do jogo, o time mineiro deixou o gramado goleado pelo lanterna e sob vaias do torcedor que pediu reforços e virou as faixas para baixo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Promotor douradense é eleito para integrar Academia Maçônica de Letras em MS
SEGUNDO DOURADENSE
Promotor douradense é eleito para integrar Academia Maçônica de Letras em MS
Força-tarefa cumpre quase 30 mandados contra exploração sexual infantil em MS
OPERAÇÃO ARACELI
Força-tarefa cumpre quase 30 mandados contra exploração sexual infantil em MS
Neno Razuk destina R$ 60 mil para Associação dos Autistas de Dourados
EMENDAS
Neno Razuk destina R$ 60 mil para Associação dos Autistas de Dourados
AJUDA
Caixa paga hoje auxílio emergencial para os nascidos em fevereiro
Cães farejadores acham cocaína que seria enviada para a Irlanda
CORREIOS
Cães farejadores acham cocaína que seria enviada para a Irlanda
TV DOURADOS NEWS
Diogo Castilho fala da discussão na Câmara sobre a base salarial da enfermagem
POLÍTICA
Nelsinho Trad busca recursos para MS no Consórcio Brasil Central
EMPREGO
Marinha abre concursos para 26 vagas, com remuneração de R$ 9 mil
SOLIDARIEDADE
Agehab realiza primeira entrega de agasalhos em Dourados 
SENADO
CPI ouve hoje Ernesto Araújo sobre críticas à China e cloroquina

Mais Lidas

POLÍCIA
'Apaixonado', rapaz furta objetos na PED para ser preso e reencontrar marido
CLIMA
Frio mais intenso do ano é previsto para esta semana em Dourados
REGIÃO
Mulher mata o marido a facadas após discussão em MS
FEMINICÍDIO
Mulher é encontrada morta com golpe de faca no pescoço na região do João Paulo II