Menu
Busca quarta, 20 de outubro de 2021
(67) 99257-3397

Creche prepara sopão para mil pessoas

12 abril 2008 - 06h47

Mais de 1.000 pessoas devem passar pela Creche André Luiz durante todo o dia neste sábado em Dourados. A entidade vai distribuir gratuitamente um sopão para famílias carentes, com o apoio das Lojas Maçônicas e Rotary´s de Dourados. É o terceiro sopão do ano.
De acordo com a presidente da creche, Josefina Fernandes Capilé, a entidade conseguiu apoio para prosseguir este ano com a atividade, que ficou paralisada por falta de verba durantes alguns anos. "O sopão começou há mais de 28 anos, quando implantamos a creche. Antigamente era distribuído em minha casa. Nesta época já atendíamos centenas de pessoas", conta. Para suprir a demanda estão sendo preparados mais de 200 litros de sopa. "Todos os que vierem vão se alimentar", adianta.

CRECHE
A creche fundada e dirigida pelo casal Josefina e Flamarion atende hoje 140 crianças com idades de 1 ano e 8 meses até 5 anos. Além de todo o carinho e cuidado que as crianças recebem das 7h às 17h, os pequenos realizam várias atividades voltadas à educação. No local há quatro professoras e nove funcionárias, que dão banho, preparam e servem as refeições. O local dispõe de berçário, salas de aula, refeitório, sala de televisão, cozinha, banheiros e a coordenação. "tudo para proporcionar conforto aos alunos", diz Josefina.

HISTÓRIA
A Creche André Luiz recebeu este nome em homenagem a um escritor espírita que Josefina aprendeu a gostar desde criança. "Os ensinamentos dele é que me deram coragem para enfrentar o desafio de montar uma creche, que tanto almejava o povo douradense na década de 80", destaca.
A presidente conta que em 1975 chegou em Dourados, vinda de Corumbá. Ela e o marido, que antes trabalhavam com o pai de Flamarion numa lotérica, mudaram para o município em busca do próprio negócio.
O marido conseguiu comprar uma lanchonete. Josefina lembra que as vizinhas reclamavam muito por que não tinham onde deixar as crianças delas, para que pudessem trabalhar. "Fiquei surpresa quando soube que em Dourados não havia creche. Decidi ajudar e cuidava dos filhos delas, enquanto trabalhavam", revela. Ela fazia isto sem custo nenhum para as famílias. Foi quando surgiu a idéia de servir sopa. Já naquela época mais de 1000 pessoas procuravam pelo alimento.
Mas Josefina queria ir mais além, e foi em busca da construção de uma creche. O terreno, doado pela empresária e jornalista Adiles do Amaral Torres, ganhou os primeiros tijolos com a ajuda de comerciantes. A execução total da obra contou também com o apoio do cantor Nei Matogrosso, que em um show conseguiu arrecadar o montante necessário.

SOLIDARIEDADE
Uma história de amor com as crianças de Dourados. Josefina e Flamarion se dedicam hoje apenas em cuidar do bem-estar destes, que para eles são como filhos. "André Luiz me inspirou. Já havia decidido que se tivesse um filho, este seria o nome dele. Tive uma filha. A creche foi o filho que eu não pude ter. Ela me trouxe netos, sobrinhos e uma grande família", revela.
O critério para matricular o filho na creche é o de que os pais estejam trabalhando e sejam de baixa renda. A creche precisa de funcionários voluntários para poder atender um número maior de crianças. A entidade paga os professores e contratados com recursos doados. Para manter a creche a direção realiza eventos como o churrasco beneficente, previsto para o dia 27. O convite é vendido na própria creche no preço de R$ 10. Toda a ajuda é bem vinda. As doações podem ser feitas diretamente na conta bancária da creche: Agência: 0391-3 conta: 24626-3 Banco do Brasil. Mais informações pelo telefone: 3421 8123.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Em sessão solene, Câmara homenageia a Guarda Municipal pelos 25 anos
DOURADOS
Em sessão solene, Câmara homenageia a Guarda Municipal pelos 25 anos
Após mais de 1 ano e meio, MS tem boletim "zerado" de mortes por covid
PANDEMIA
Após mais de 1 ano e meio, MS tem boletim "zerado" de mortes por covid
Plantio da soja já beira 1 milhão de hectares em Mato Grosso do Sul
AGRONEGÓCIO
Plantio da soja já beira 1 milhão de hectares em Mato Grosso do Sul
Agepen investiga fuga e polícia reforça buscas a interno que escapou de presídio
PONTA PORÃ
Agepen investiga fuga e polícia reforça buscas a interno que escapou de presídio
BRASIL
Intenção de consumo das famílias fica estável em outubro
TERENOS
Barbosinha pede recuperação de ponte e estrada que dá acesso a propriedades rurais
DOURADOS
Ex-presidente da Câmara vai ao STJ contra condenação por 'sumir' com documentos
ORDEM DO DIA
Aprovada honraria a profissionais da linha de frente contra a Covid
HISTÓRICO
Fugitivo de presídio na fronteira foi preso em 2020 e cumpria pena por tráfico de drogas
OPORTUNIDADE
Inscrições para o concurso público da Sanesul seguem abertas

Mais Lidas

RIO BRILHANTE
Mulher é presa após se masturbar em praça pública
LEGISLATIVO
Em Dourados, projeto quer criar Dia Municipal do Torcedor Flamenguista
CAPTURA
Cobra é capturada em para-choque de carro na região central de Dourados
DOURADOS
Preso por violência doméstica passa por audiência de custódia e tem preventiva decretada