Menu
Busca segunda, 19 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Corumbá pretende vacinar 11,2 mil crianças contra pólio

10 junho 2005 - 13h20

Mais de 11,2 mil crianças devem ser vacinadas em Corumbá neste sábado, 11 de junho, na primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Paralisia Infantil. 160 profissionais da Saúde estarão empenhados durante todo o dia em 15 pontos de vacinação espalhados pela cidade, a partir das 8h.
Crianças de um mês a 05 anos de idade devem receber a dose da vacina e é preciso que os pais ou responsáveis, levem o cartão de vacinação para que os profissionais atualizem e orientem sobre a tabela vacinal.
 Este ano, o slogan da campanha é “Vence mais uma, Brasil”, uma referência aos 15 anos sem a presença da doença no país. O último caso foi registrado no ano de 1989.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
TCE-MS pede explicações sobre irregularidades de R$ 2,2 milhões em licitação de prefeitura
INTERNACIONAL
Ataques a tiros em dois estados deixam 6 mortos nos EUA
PRF prende dois e apreende cocaína avaliada em R$ 8 milhões na BR-163
POLÍCIA
PRF prende dois e apreende cocaína avaliada em R$ 8 milhões na BR-163
POLÍCIA
Adolescentes estouram janela de alojamento e fogem de Unei
PMA resgata macaca domesticada que foi abandonada por tutores
POLÍCIA
PMA resgata macaca domesticada que foi abandonada por tutores
POLÍCIA
MPE-MS alerta gestores sobre prática de novo golpe no WhatsApp
REGIÃO
Após comprometimento de 98% do pulmão, prefeito se recupera da Covid-19
POLÍCIA
Após desentendimento, menina de 10 anos sai de casa e fica sete horas desaparecida
POLÍCIA
Homem é morto com vários golpes de faca e assassino é preso horas depois
PANDEMIA
Dourados segue com 100% das UTIs Covid ocupadas e com fila de espera por leitos

Mais Lidas

ASSALTO
Mulher tem carro roubado ao parar no semáforo em Dourados
POLÍCIA
Irmãos morrem após serem atropelados por caminhonete em rodovia
DOURADOS
Interno morre após briga com companheiro de cela da PED
PED
Arma de fabricação caseira é encontra em cela de interno morto