Menu
Busca quarta, 14 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Corporação Andina diz que parceria com MS é prioridade

03 fevereiro 2004 - 14h09

O representante da Corporação Andina de Fomento (CAF) no Brasil, José Vicente Maldonado disse hoje de manhã ao governador Zeca do PT que a parceria entre a agência e Mato Grosso do Sul para promover a integração física entre os países da América do Sul é uma das prioridades para este ano. “Mato Grosso do Sul tem importância estratégica e geográfica por estar situado entre os eixos de ligação regional e que a CAF considera importantes para ajudar a promover a integração dos países”, afirmou Maldonado, que foi recebido pelo governador na Subsecretaria do Governo de Mato Grosso do Sul no Distrito Federal, em Brasília. Ele detalhou ao governador os investimentos que já vêm sendo feitos para financiar a infra-estrutura na região e informou ao governador que, para 2004, a CAF dispõe de US$ 400 milhões para aplicar no Brasil.“Nós queremos saudar o governo de Mato Grosso do Sul pelo bom momento e nos colocar à disposição”, anunciou o representante da CAF. O governador Zeca do PT explicou o trabalho que o governo vem desenvolvendo em busca dos grandes projetos estratégicos - as rotas bioceânicas através da recuperação das malhas ferroviária, rodoviária e potencialização das hidrovias - e anunciou que o Estado quer essa parceria. O governador lembrou que, durante os vários momentos em que conversou com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na viagem de seis dias à Índia e Suíça e no fim de semana como convidado no Palácio do Alvorada, conseguiu explicar detalhadamente a posição de Mato Grosso do Sul dentro do projeto de integração física entre o Brasil e os outros países da América do Sul.“Eu disse ao presidente Lula que Mato Grosso do Sul quer ser a grande ferramenta que instrumentalizará seu discurso de integração regional. Nós poderemos construir o continente mais forte do planeta”, revelou Zeca do PT. Ele listou as obras que já estão na agenda oficial do governo federal para atingir esse objetivo e consolidar a inserção de Mato Grosso do Sul no mercado asiático.Entre encontram-se a ligação ferroviária Santos/Antofagasta (Chile); a recuperação de várias rodovias por dentro do Paraguai e Bolívia, com financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e do Banco do Brasil - Lula se reúne amanhã com a diretoria das duas insitituições para tratar do assunto -; o polo binacional gasquímico, na fronteira com a Bolívia; a implantação de linhas aéreas regionais com tarifas domésticas; o barateamento do gás boliviano, permitindo a construção de uma termelétrica e, posteriormente, um polo siderúrgico em Corumbá; e, entre outras, a implantação do Trem do Pantanal.“Esses projetos vão mudar a história e a economia de Mato Grosso do Sul e promover o processo de integração entre Brasil e América do Sul”, afirmou o governador. Ele lembrou que os grandes projetos serão discutidos amanhã, em Campo Grande, durante o seminário, promovido pelo governo federal e que terá a participação, já confirmada, de 56 autoridades estrangeiras representantes dos países da América do Sul. Maldonado e a principal secretária executiva da CAF no Brasil, Vera Lucia Pousada Vicentini vão estar presentes. Também participaram da audiência o deputado federal Vander Loubet (PT-MS), o assessor especial da Secretaria de Coordenação Geral do Governo, Ruiter Cunha de Oliveira e o subsecretário de representação no DF, Raufi Marques. Ruiter e Raufi, designados pelo governador, farão a ponte entre o governo e a CAF nas futuras parcerias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ
Ladrões fingem fazer revisão em cerca elétrica e assaltam casal de idosos
BRASIL
Senado aprova prorrogação da situação de emergência de saúde no país
Máquina agrícola atinge caminhonete, carro e só para após tombar
GLÓRIA DE DOURADOS
Máquina agrícola atinge caminhonete, carro e só para após tombar
TRÂNSITO
Nova Lei proíbe o transporte de menores de 10 anos em motocicletas
Celular "bombando" entrega traficante, que é preso com cocaína
VACINA
Ministério da Saúde divulga lista, por estado, de quem não tomou segunda dose
MEIO AMBIENTE
Dono de chácara é multado em R$ 5 mil por construir tanques de piscicultura
COXIM
MP denuncia ex-prefeito, ex-secretários e empresários por associação criminosa
CAPITAL
Após espancar, homem ameaça colocar fogo em casa com a ex dentro
BRASIL
Câmara aprova projeto que prorroga entrega do IR até 31 de julho

Mais Lidas

RIO BRILHANTE
Soldado da Polícia Militar é encontrado morto no interior de residência
IZIDRO PEDROSO
Estado doará terrenos e busca parceria para construir casas populares em Dourados
DOURADOS
Homem encontrado morto pode ter envolvimento em esquema de agiotagem internacional
CASA PRÓPRIA
Prefeitura abre recadastramento habitacional em Dourados