sábado, 13 de abril de 2024
Dourados
24ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Corinthians e Ponte ganham pontos do Paysandu no tapetão

24 setembro 2003 - 07h00

Por 4 votos a 0, os auditores do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) deram ganho de causa para Corinthians e Ponte Preta no pedido de perda de pontos do Paysandu, por escalação de jogadores irregulares. Os dois clubes paulistas alegaram que o presidente do Paysandu, Artur Tourinho, não podia exercer a sua função devido a uma punição da Justiça. Mas, mesmo assim, ele, que conseguira uma liminar na Justiça Comum, firmou contrato com três jogadores: Borges Neto, Júnior Amorim e Aldrovani. O time paraense perdeu quatro pontos que havia conquistado no empate por 2 a 2 com o Corinthians e na vitória por 3 a 2 sobre a Ponte Preta - ambos disputados no Mangueirão, em Belém. Por tabela, o Corinthians ganhou dois pontos mais, e a Ponte, três. Com esta mudança, o Timão foi para 46 pontos e agora ocupa o 8º lugar, passando apenas o São Caetano. Já a Ponte saiu da 20ª posição e foi para o 17º, com 37. O Paysandu, que foi para 36, caiu do 15º para o 18º, e ainda pode perder mais pontos, já que o São Caetano e o Fluminense também entraram no STJD alegando a mesma situação. Inconformado, Tourinho promete reagir. O presidente disse na noite ainda desta terça que vai entrar com um pedido de liminar no Superior Tribunal de Justiça, o STJ, mesmo sabendo que a Fifa não aceita e ameaça de punição os times que buscam a justiça comum. Além disso, o cartola programou uma entrevista coletiva para hoje. Tourinho promete uma bomba que vai abalar os alicerces do futebol brasileiro. O advogado do Paysandu, José Mauro do Couto Filho, deixou o STJD anunciando que vai recorrer da decisão. "Lógico que temos que respeitar esta decisão, mas o que aconteceu aqui foi uma confusão jurídica, pois usaram artigos da Justiça civil, trabalhista e desportiva. Vamos recorrer e vou entrar com recurso o mais rapidamente possível", falou José Mauro. O advogado disse ainda que o clube paraense vai continuar usando os jogadores responsáveis pela perda de quatro pontos. Os três estão escalados para jogar contra o Bahia, em Belém. O presidente do STJD, Luis Zveiter, disse que se o vice-presidente do Paysandu, César Neves, assinar um novo contrato com os três jogadores, ele garante que os três seguiram o campeonato sem problemas, mesmo se a CBF não aceitar. Esta não foi a primeira decisão do STJD que fez clubes ganharem pontos no tapetão. Logo no começo do campeonato, Inter e Juventude levaram a melhor, fora de campo, contra justamente a Ponte Preta. Não é só o Corinthians e a Ponte Preta que foram para cima do Paysandu. Goiás e Vitória também pleitearam os pontos, mas os pedidos não foram aceitos porque essas equipes entraram com ações fora do prazo. O departamento jurídico do Fluminense anunciou que também vai entrar com o pedido, depois do empate do último, sábado, por 1 a 1. O requerimento feito pelo São Caetano já foi aceito e uma data para o julgamento deve ser marcada em breve.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE 

Justiça Federal nega novo pedido de transferência de Ronnie Lessa

ECONOMIA

Anfavea quer volta do Salão do Automóvel

DIZ ESPECIALISTA

Brasil precisa criar política de cuidados para reduzir sobrecarga das mulheres

JUSTIÇA

CNJ suspende norma que proíbe uso de cropped no STJ

Semana Acadêmica discute sobre as responsabilidades do engenheiro civil
UNIGRAN

Semana Acadêmica discute sobre as responsabilidades do engenheiro civil

POLÍCIA

Dono do Botafogo entrega documentos sobre manipulação de resultados

EMISSORA PÚBLICA

TV Brasil vai transmitir Brasileirão Feminino a partir de 20 de abril

ESPORTES

Escola de Brasília denuncia racismo e preconceito durante jogo

ECONOMIA

Governo de MS assina parceria para impulsionar a citricultura

UNIVERSIDADE ESTADUAL

Curso de "Primeiros socorros no ambiente escolar" tem inscrições abertas

Mais Lidas

JARDIM EUROPA

'Leandrinho do PCC' morre em confronto com policiais do SIG em Dourados

TRAGÉDIA

Identificadas vítimas de acidente que matou seis na BR-163 em MS

DOURADOS

Morre empresário e desportista Valdir Machado

MORTO EM CONFRONTO

Preso na fronteira revelou plano de 'Leandrinho do PCC' em Dourados