Menu
Busca terça, 11 de agosto de 2020
(67) 99659-5905

Convênio destina R$ 2,8 milhões para Escola Ideal em Corguinho

11 dezembro 2003 - 18h52

O secretário de Estado de Educação, Hélio de Lima, e o prefeito municipal de Corguinho, Celsio Antônio Cerioli, assinaram nesta tarde convênio de implantação do programa Escola Básica Ideal. Um total de R$ 2,866 milhões será destinado à reforma, ampliação e aquisição de equipamentos, utensílios e materiais para melhoria das condições de ensino das sete escolas públicas do município.Todas as cidades incluídas no programa terão suas unidades de ensino padronizadas, com pintura, uniformes, material didático específico e merenda reforçada. Cabe a cada prefeitura envolver toda a comunidade num compromisso com a educação de qualidade. Poder público, sindicatos, associações, partidos políticos e ongs terão de assinar um pacto para zerar, até 2006, a taxa de analfabetos, o trabalho escravo e a prostituição infanto-juvenil, sob pena de perder os recursos.“Nós estamos agendando para janeiro uma reunião com representantes de todas as entidades”, comenta o prefeito de Corguinho. O secretário de Estado de Educação, Hélio de Lima, confirmou sua presença no encontro, “quero acompanhar tudo de perto e dar apoio aos prefeitos”. O governo do Estado, além de auxiliar na compra de equipamentos, construção e reforma das escolas, deve garantir transporte escolar e melhoria salarial aos professores. Quanto ao índice de analfabetismo, Hélio de Lima ressaltou que o município já está um passo a frente. Atualmente, funcionam em Corguinho 12 salas do programa Brasil Alfabetizado Mova-MS Alfabetizado, que tem como meta ensinar a ler e escrever 367 jovens e adultos até o final de 2006. Em fevereiro de 2004 encerram-se as primeiras turmas do programa, com a previsão de formar cerca de 120 pessoas. Para o prefeito Celsio Cerioli, a implantação do Escola Ideal é a realização de um sonho de toda a comunidade e acredita que todos irão contribuir para conservar o que será construído com o programa. “É muito mais fácil fazer a manutenção, do que construir, estruturar todas as escolas.” Cerioli acredita que o programa será um marco para o Brasil e para os municípios contemplados. “Vamos ter escolas com padrão de primeiro mundo”, acrescenta. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Defensoria Pública se explica sobre atuação durante pandemia em Dourados
PANDEMIA
MS tem 26 mil recuperados da Covid-19, mas há 5,2 mil casos ativos e 544 morreram
RURAL
Safra deste ano deve ser 3,8% superior à de 2019, prevê IBGE
PANDEMIA
Dourados confirma mais dois óbitos por coronavírus; um deles de município vizinho
POLÍTICA PÚBLICO PRIVADA
Modelo de negócio da PPP será apresentado pela Sanesul nesta terça
ASSEMBLEIA DE MS
CCJR é favorável a tramitação da proposta que cria adicional de risco de vida
DOURADOS
Vereador quer reabertura de parques e volta das atividades esportivas
ECONOMIA
Produção industrial cresce em 14 locais em junho, diz IBGE
INCONSTITUCIONALIDADE
Defensores públicos e procuradores de MS têm foro questionado no STF
PANDEMIA
MS tem mais de 4 mil casos sem encerramento por falta de atualização em plataforma

Mais Lidas

REGIÃO
Professora morre ao ter moto atingida por carro
DOURADOS
Suspeito de atropelar motociclista durante racha na BR-163 se apresenta à polícia
DOURADOS
Acidente entre carro e moto deixa homem em estado gravíssimo
FRONTEIRA
Ex-lutador de MMA é executado a tiros em confraternização