Menu
Busca terça, 07 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Conta de luz sobe 1,9% em todo o país a partir de quinta-feira

31 dezembro 2003 - 09h45

A conta de luz vai subir, em média, 1,9% em todo o país a partir da próxima quinta-feira, dia 1º de janeiro. O anúncio foi feito hoje pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). O aumento será incluído nas faturas relativas ao consumo do mês de janeiro. O motivo do reajuste foi o fato de o governo ter acionado pela primeira vez o seguro-apagão, criado no ano passado para evitar novos racionamentos de energia elétrica. A agência calculou em R$ 0,004681/kWh o valor do chamado "Encargo de Aquisição de Energia Elétrica Emergencial". O seguro foi acionado no Nordeste, em razão do baixo nível dos reservatórios das usinas hidrelétricas. O aumento da tarifa ocorre porque os contratos das usinas que fazem parte do seguro com o governo prevêem que se pague tanto pela "disponibilidade" (aluguel) quanto pela geração de energia. Ou seja, os consumidores deverão continuar pagando o aluguel e passarão também a pagar pela geração. Haverá, portanto, dois encargos na conta: um de capacidade emergencial e outro de aquisição de energia.A Aneel informa que a cobrança incidirá apenas sobre o período em que as termelétricas forem acionadas, e poderá ser suspensa caso melhore a situação do nível dos reservatórios das usinas hidrelétricas. A resolução que define o valor do encargo será publicada amanhã no Diário Oficial da União.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

ARTIGO
Tire suas dúvidas sobre o auxílio-emergencial
REGIÃO
PM apreende adolescentes de 14 anos envolvidos em homicídio
EM SÃO PAULO
Formada em Dourados, pesquisadora participa de estudo sobre o coronavírus em São Paulo
LEGISLATIVO
Por vídeoconferência, aplicação dos recursos do Fundersul é aprovada
VÉSPERA DE FERIADO
Prefeitura decreta ponto facultativo na quinta e coleta de lixo para na sexta
CAMPO GRANDE
Supeito de furto ateia fogo em celular durante abordagem policial
INFORME PUBLICITÁRIO
Como investidores douradenses podem proteger seu capital em todos os períodos
EMBOSCADA
Suspeito de homicídio teria convidado vítima para caçar tatu em sítio
NO VERMELHO
Déficit público deve caminhar para R$ 500 bilhões, diz secretário
CONTRA O COVID-19
Barreiras sanitárias abordam sete mil pessoas por dia em Mato Grosso do Sul

Mais Lidas

DOURADOS
Dois homens são executados por dupla de moto no Jardim Carisma
FLEXIBILIZAÇÃO
Com restrições, comércio volta a funcionar amanhã em Dourados
COVID-19
Estado tem mais três confirmações do novo coronavírus em 24 horas, todas no interior
DOURADOS
Polícia apura que filho matou pai a pauladas após agredir a mãe grávida