Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Consumo de maconha aumenta risco de doenças psíquicas, diz estudo

01 março 2010 - 15h38

Consumir maconha por muito tempo aumenta o risco de doenças psíquicas, como psicoses, alucinações visuais ou auditivas e delírios, segundo um estudo australiano divulgado nesta segunda-feira nos Estados Unidos.

Os pesquisadores do Instituto Cerebral da Universidade de Queensland consultaram 3.800 jovens de cerca de vinte anos sobre seu consumo de maconha e sobre a ocorrência de eventuais problemas psíquicos.

Pouco mais de 14% deles responderam que consumiam maconha há seis anos ou mais.

O estudo constatou que esses jovens corriam um risco duas vezes maior de sofrer de doenças psicóticas, como a esquizofrenia, do que aqueles que nunca consumiram.

O risco de serem vítimas de alucinações também é duas vezes maior; e o de delírios, quatro vezes mais elevado.

"A ligação é muito clara entre o consumo e os três problemas estudados: quanto mais tempo se consome maconha, mais elevado é o risco de efeitos não desejados", indicam os autores do estudo divulgado na revista científica Arquivos de Psiquiatria Geral.

Eles reconhecem, no entanto, que é difícil dizer se esses problemas psíquicos antecedem ou são consequência do consumo de entorpecentes. "A relação é complexa", revelam.

De acordo com o estudo, os indivíduos que sofrem de sintomas psicóticos isolados correm um risco maior de consumir maconha, o que poderia, por sua vez, contribuir para aumentar o risco de problemas psicóticos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UEMS
Inscrições para Mestrado em Educação Científica terminam 2ª-feira
DOURADOS
Homem é capturado e entregue à polícia com espingarda
MÚSICA
Cantor e compositor Evaldo Gouveia morre de Covid-19 no Ceará
POLÍCIA
Homem encontrado morto sob a ponte do Calarge tinha 38 anos
PANDEMIA
Estado alerta que Dourados deve ser cidade com mais casos de Covid-19 na próxima semana
DOURADOS
Homem é encontrado morto embaixo de ponte no córrego Laranja Doce
EDUCAÇÃO
SED cria página para transmissão das aulas em tempo real pela internet
INFLUENZA
Mato Grosso do Sul chega a quase 2 mil notificações de Síndrome Respiratória Aguda Grave
POLÍCIA
Abordado em carro com placas da capital, viciado entrega traficante em Dourados
CAPITAL
Primo desaparecido pode ser oitava vítima do "pedreiro assassino"

Mais Lidas

DOURADOS
Protocolo é seguido e mulher vítima do coronavírus é enterrada sem despedida de familiares
MAIORIA JOVENS
Vítima fatal da Covid-19 faz parte da faixa etária com mais casos da doença em Dourados
COVID-19
Curva segue ascendente e Dourados ultrapassa 200 casos de coronavírus
PANDEMIA
Comitê diz que Dourados não é epicentro do novo coronavírus e descarta lockdown