Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Consumo de energia elétrica no país cai 1,1% em 2009

25 janeiro 2010 - 13h16

Impactado pela crise internacional, o consumo energia elétrica no Brasil terminou 2009 em queda de 1,1%, ante o ano anterior, totalizando 388.204 GWh (gigawatts-hora), segundo dados da EPE (Empresa de Pesquisa Energética) divulgados nesta segunda-feira.
A queda foi pequena, porém, já que a demanda interna se manteve aquecida, levando o consumo das classes residencial e comercial à expansão em 2009. Apenas o segmento industrial registrou redução no período.
O consumo das residências brasileiras terminou o ano com aumento de 6,2% em relação a 2008, puxado pelo aumento do número de consumidores e também do gasto médio. Durante 2009, foram incorporadas à rede elétrica 1,807 milhão de unidades consumidoras.
Na indústria, o consumo caiu 8% no ano passado, totalizando 165.632 GWh e voltando aos níveis registrados em 2006 e 2007. No relatório, a EPE observa que, apesar da queda, o indicador foi se recuperando ao longo do ano. A retração mais acentuada ocorreu no Sudeste (9,8%), onde se concentra a maior parte das indústrias do país.
Já o consumo comercial registrou expansão de 6,1% no período, puxado pelo "contínuo processo de abertura de pontos comerciais", afirma a EPE.
Dezembro
Em dezembro, o consumo nacional de energia elétrica apresentou um forte crescimento, de 8,4%, sobre igual período de 2008. O montante demandado no país no último mês do ano passado totalizou 34,5 mil GWh.
O consumo residencial e comercial foram destaque, registrando taxas respectivas de 11,7% e 13,4% ante o mesmo mês do ano retrasado. A região Sudeste foi a maior responsável por tais resultados, contribuindo com 6,9 e 8,8 pontos percentuais nas duas taxas globais.
A temperatura se constituiu no principal fator de estímulo ao consumo de energia elétrica nestes casos, pois, comparativamente a 2008, os valores registrados nos dois últimos meses de 2009 (o ciclo de faturamento inclui dias de novembro e dezembro) foram mais elevados nos quatro estados da região.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REMÉDIO CONTRA MALÁRIA
França proíbe uso da hidroxicloroquina para tratamento da Covid-19
PONTA PORÃ
Ambiental autua homem em R$ 15 mil por maus-tratos a animais
DATAFOLHA
Para 61% dos que viram reunião, Bolsonaro quis interferir na PF
POLÍCIA
Idosa é agredida após ter a casa invadida por morador de rua
CULTURA
CineClube UEMS terá encontros online com filmes sobre pandemia
LOTERIA
Confira os números da Mega-Sena, que paga prêmio de R$ 33 milhões
JARAGUARI
Caminhonete paraguaia com R$ 5 mil em multas é apreendida em MS
CORUMBÁ
Companhia aérea deve indenizar por atraso de voo sem justificar motivo
SAÚDE
HU de Dourados lança Manual de Aleitamento Materno em formato de livro
CAMPO GRANDE
Homem passa mal, mobiliza Bombeiros e Samu e morre a caminho de UPA

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher