Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Consumidor deve observar qualidade dos alimentos e higiene

12 fevereiro 2010 - 14h03

Isca de peixe, filé à palito, queijos e salames são alguns dos petiscos apreciados pelos frequentadores de bares e restaurantes, especialmente, em feriados prolongados como o Carnaval. Além dos cuidados com os alimentos é preciso estar atento ao local escolhido. “

Os consumidores devem verificar a higiene do ambiente, dos utensílios na mesa e dos serviços”, ressalta o diretor do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal, da Secretaria de Defesa Agropecuária, Nelmon Oliveira da Costa.

Já as pessoas que vão aproveitar os dias de folga em casa também devem ter cuidados na compra dos alimentos nos supermercados.

Embalagens de produtos de origem animal e perecíveis como queijo, linguiça e salsicha devem ter o carimbo de inspeção oficial do governo que pode ser do Serviço de Inspeção Federal (SIF), do Serviço Inspeção Estadual (SIE) ou doServiço de Inspeção Municipal (SIM). Dessa forma, fica comprovado que o produto está registrado em órgão de inspeção e tem procedência idônea.

“Além disso, é primordial verificar a data de fabricação, prazo de validade, coloração do produto e aspectos de conservação que, no caso dos resfriados, devemser mantidos sob temperatura que varia de 2ºC a 6°C”, explica Costa.

Essas medidassão consideradas essenciais para que os alimentos não ofereçam risco à saúde. Para o registro dos produtos, as empresas apresentam as fórmulas de fabricação, indicam a quantidade de cada ingrediente, a forma de processamento, temperos, aditivos e condimentos.

“O Ministério da Agricultura fiscaliza se tudo está de acordo com o regulamento técnico específico de cada produto, que estabelece os níveis mínimos de matéria-prima e o máximo de aditivos”, informa Costa.

SIF- As empresas interessadas em solicitar o registro de inspeção apresentam ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) as plantas das instalações, o processo de fabricação dos produtos e a descrição dos equipamentos utilizados.

Após a avaliação desse processo, o ministério concede o registro aos estabelecimentos que atenderam aos requisitos da legislação.


Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÁFICO
Maconha e skunk são apreendidos durante tentativa de fuga
BRASIL
Bolsonaro visita presidente do STF no hospital
EM 24H
De terça para quarta, Dourados internou um paciente por coronavírus a cada 4h40
CONTRABANDO
Mais de 700 celulares que seriam levados ao MT são apreendidos
DOURADOS
Porta-voz da prefeita diz que decretos têm base técnica após crítica do empresariado
DOURADOS
Em nova ação, BPW entrega aventais e máscaras para trabalhadores da saúde
PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
ECONOMIA
Agronegócio sul-mato-grossense vendeu 87% da soja e 37% do milho
TRÁFICO
Polícia apreende mais de meia tonelada de maconha durante barreira sanitária
PANDEMIA
Com crescimento no número de casos de coronavírus, Dourados inicia barreira sanitária

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher