Menu
Busca terça, 11 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Conselho Indigenista está indignado com decisão do caso Veron

27 fevereiro 2011 - 09h22

O Cimi/MS (Conselho Indigenista Missionário – regional Mato Grosso do Sul) mostrou-se indignado com a decisão da Justiça Federal, que condenou os seguranças da Fazenda Brasília do Sul por sequestro e tortura do cacique guarani Marcos Veron. A entidade acredita que os acusados devam ser condenados por homicídio.

Em nota, o Cimi/MS afirma que a decisão judicial “traz relevante indignação e preocupação desta entidade pela impunidade do fato e as consequências deste precedente”. A Justiça Federal não reconheceu a prática de homicídio praticado contra o cacique e da tentativa de homicídio contra seus familiares.

Além disso, a indignação da entidade indigenista se dá pela possibilidade dos acusados de recorrer da sentença em liberdade.

No entanto, o conselho espera “que os acusados cumpram suas penas de 12 anos e 3 meses de prisão em regime fechado pelos crimes de sequestro, formação de quadrilha armada e tortura”.

O Cimi/MS espera ainda que a decisão seja reformada e que o pedido de condenação dos acusados pela prática do crime de homicídio seja aceito. “Que este julgamento signifique, ao menos, o início de uma fase de responsabilização e condenação dos culpados pelos vários outros assassinatos de lideranças indígenas em Mato Grosso do Sul”, diz a nota.

No dia 13 de janeiro de 2003, Estevão Romero, Carlos Roberto dos Santos e Jorge Cristaldo Insabralde sequestraram e amarraram na carroceria de uma caminhonete sete índios da etnia guarani-caiuá, que reivindicavam a posse das terras da Fazenda Brasília do Sul.

Um dos filhos de Veron quase foi queimado vivo. A filha do líder indígena, grávida de sete meses, foi espancada. Veron foi agredido com socos, pontapés e coronhadas de espingarda na cabeça e morreu por traumatismo craniano.

O MPF (Ministério Público Federal) considerou a decisão como vitória parcial, e pede que o proprietário da fazenda, Jacinto Honório da Silva Filho, seja condenado por ser o mandante do crime.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PARANAÍBA
Jovem mata ex-namorado da mãe a facadas após presenciar agressão
SENADO
CPI vai questionar negociações do Itamaraty para garantir cloroquina
ANHANDUÍ
Pedestre morre após ser atropelado por caminhão baú na BR-163
IMUNIZANTES
Saúde receberá 8,2 milhões de doses de vacina até sexta-feira
Homem que abusou da mulher é denunciado por estuprar a filha
FUTEBOL
Costa Rica vence Aquidaunense e retoma a liderança do Estadual
CRIME AMBIENTAL
Animais são abandonados, morrem e mulher é multada em R$ 4 mil
JUSTIÇA
Juiz determina que Carla Zambelli tire vídeo da canção 'Milla' do ar
CAPITAL
Homem morre após cair de três metros ao conferir estoque de loja
TJ/MS
Concurso Extrajudicial terá audiência pública no dia 27 de maio

Mais Lidas

PANDEMIA
Levado pela Covid-19, "João da União" deixa legado para família e em Dourados
DOURADOS
Homem morre no HV após acidente com condutor que empinava moto
INDÁPOLIS
Homem assassinado em distrito sofreu vários golpes de facão e teve mão decepada
DOURADOS
Juiz manda Câmara exonerar nomeados e realizar novo concurso público