Menu
Busca domingo, 16 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Conselho Federal de Jornalismo

21 setembro 2004 - 12h23

Fernando BlankConselho para quem precisa de conselho.Desde que foi anunciado o envio ao Congresso Nacional do projeto de lei que busca criar o Conselho Federal de Jornalismo (CFJ), muitas pessoas que não vinham acompanhando a discussão desse tema agora se perguntam: para que criar mais uma entidade? Esta pergunta já tinha resposta pronta; muitas a favor e outras contra. Os que são favoráveis à criação do Conselho querem uma imprensa ética, séria e honesta. Não que os contrários ao Conselho não defendam a ética e a honestidade, mas a preocupação dos que são contrários é o medo da famigerada "censura”. Há algumas polêmicas sobre a criação do CFJ. É verdade que este projeto de lei foi debatido e elaborado pela FENAJ, Federação Nacional dos Jornalistas, depois de dois congressos da categoria. A informação de que o projeto do CFJ é do governo Lula é rebatida pela FENAJ. A crítica que a mídia disseminadamente pulverizou nos meios de comunicação pode ter influenciado os jornalistas e sem ter o devido conhecimento do projeto saíram batendo na criação do CFJ. A professora Marilia de Castro, que também é jornalista e radialista, é favorável á criação do CFJ "porque algumas profissões têm o seu Conselho, como os arquitetos, médicos etc”. "O Conselho vai poder ter mecanismos que garantam a ética no jornalismo”. A jornalista ainda ressalva que “o CFJ deverá passar por alguns ajustes que garantam a liberdade de imprensa”, afirma Castro. Já o jornalista e radialista Resende Jr. diz ser positiva a criação do CFJ, “porque a informação tem um grau de relevância importantíssima, e o jornalista tem que ser responsável pelo que escreve, o Conselho poderá fiscalizar o jornalista mal intencionado que pode trazer uma noticia inverídica para o leitor, podendo perfeitamente influenciar este mesmo leitor”. Afirma ainda o jornalista “que num país como o Brasil onde as informações podem ser manipuladas e até podendo desestabilizar um governo justifica-se a criação do CFJ”. A opinião do jornalista Ademar Cardoso é positiva e favorável ao CFJ, “porque toda atividade profissional tem um Conselho para representá-la e administrativamente ajudar a melhorar sua atuação profissional". Diz ainda o jornalista que o CFJ não vem para cercear a liberdade de imprensa e nem para garanti-la, mas sim para evitar o mal profissional e as distorções da imprensa. “O jornalista tem que ter a responsabilidade profissional a frente do órgão de comunicação em que trabalha”, afirma Cardoso. O projeto de lei ( PL 3985/4 ), que cria o Conselho Federal de Jornalismo, encontra-se em apreciação no Congresso Nacional, e pode-se esperar muitos debates sobre este tema tão polêmico que mexe com uma categoria acostumada a viver em meio às polêmicas. Fernando Blank é radialista e cronista esportivo da 104,7 FM Regional e acadêmico de Jornalismo (Estácio de Sá)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dourados tem 35 pacientes com Covid-19 na espera por vaga pública de UTI
OCUPAÇÃO MÁXIMA
Dourados tem 35 pacientes com Covid-19 na espera por vaga pública de UTI
ECONOMIA
Abono salarial do PIS-PASEP de até R$ 1,1 mil tem calendário unificado
EDUCAÇÃO
Projeto 'Astrominas' oferece vagas para meninas adolescentes em atividades online de ciências
EMPREGO
Processo seletivo da Prefeitura de Maracaju terá salários de até R$ 8,5 mil
EDUCAÇÃO
Prazo para pedir isenção de taxa do Enem começa nesta segunda-feira
POLÍCIA
Foragido da Justiça é preso após agredir namorada adolescente
POLÍCIA
Mulher encontra seus três cachorros envenenados e suspeita de vingança do ex
ESPORTE
Grêmio vence Inter de virada e larga em vantagem na final do Gauchão
ESPORTES
Palmeiras domina o Corinthians, vence em Itaquera e vai à final do Paulistão
POLÍCIA
Homens são flagrados carneando vaca furtada e um deles tenta agredir policial a facada

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Após discussão, jovem bate veículo em poste e namorada que estava no capô morre
TRÁFICO DE DROGAS
Chefe do 'Comando Vermelho' e foragido há seis meses é preso em Dourados
FEMINICÍDIO
Mulher baleada na cabeça pelo ex-marido morre no hospital
CAPITAL
Jovem sai para comprar narguilé e morre após colidir moto contra poste