Menu
Busca domingo, 09 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Conselho de Jornalistas deve ter independência total, diz OAB

11 agosto 2004 - 09h43

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, Roberto Busato, afirmou hoje, que é favorável à criação do Conselho Nacional de Jornalistas (CNJ) desde que esse órgão "seja absolutamente independente, como sempre foi a OAB". Ele lembrou que a entidade que congrega quase 500 mil filiados no País tem os seus conselhos nacional e estaduais  "organizados exclusivamente por advogados, sustentados com a contribuição dos advogados e administrados por advogados escolhidos por via das eleições a cada três anos". "Com liberdade de imprensa não se brinca", afirmou Busato, lembrando que se for para controlar a imprensa no Brasil a OAB será a primeira a lutar para que o projeto que cria o CNJ seja derrotado no Congresso Nacional. A seu ver,, o objetivo do Conselho é a seleção e a organização da categoria. O apoio da OAB é no sentido de fortalecer a categoria e jamais para que o Estado possa exercer qualquer tipo de pressão. "Isso é inadmissível", afirmou o presidente da OAB.Assim como a OAB, o Conselho Federal de Jornalistas precisa, segundo Busato, ser um organismo totalmente independente, sem a mínima possibilidade de participação de qualquer governo ou de interesses político-partidário. O Conselho deve atar exclusivamente no sentido de dar uma força ao jornalista no sentido de protegê-lo em relação a pessoas que não tenham a qualificação necessária para exercer a profissão, bem como a interesses que não sejam estritamente ligados ao exercício da profissão.O presidente da OAB lembrou que o projeto que cria o CNJ foi desenvolvido pela Fenaj - Federação Nacional dos Jornalistas. Ele estava "dormindo" nas gavetas do Palácio do Planalto desde o governo FHC. O importante , na sua opinião, é que o projeto foi encaminhado para o Congresso Nacional, foro adequado para os debates em torno da importância da sua criação. "Mas, repito para que não fique nenhuma dúvida em relação à posição da OAB, na pessoa do seu presidente, sobre o CNJ: o projeto tem o nosso apoio desde que seja absolutamente independente como é, e sempre foi, a Ordem dos Advogados do Brasil", sustentou Busato. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Técnico Enderson Moreira é internado em MG após princípio de infarto
GERAL
Técnico Enderson Moreira é internado em MG após princípio de infarto
PANDEMIA
Como fazer suas compras de mantimentos de forma segura
PANDEMIA
Covid-19: o que fazer com as compras quando chegar em casa
CPI
CPI mira vacinas em audiências com Anvisa e Pfizer
Comissão debate representatividade política das pessoas com deficiência
DIREITOS HUMANOS
Comissão debate representatividade política das pessoas com deficiência
POLÍTICA
Pauta do Plenário tem três MPs, Loteria da Saúde e proibição de reajuste de medicamentos
SAÚDE
Pesquisa mostra aprofundamento de desigualdades na infância
GERAL
Explosão de gás destrói restaurante em Belém
ASTRAZENECA
Ministério da Saúde anuncia distribuição de doses para próxima segunda
POLÍTICA
Secretaria da Mulher debate situação das domésticas na pandemia

Mais Lidas

DOURADOS
Adolescentes flagrados em festa 'entregam' distribuidora que vendeu bebidas alcoólicas
BR-163
Colisão entre viatura e carreta termina com policial ferido
ACIDENTE
PRF diz que policial saiu andando de viatura após colisão com carreta
BR-163
Viatura da PRF estava com apenas um ocupante quando colidiu contra carreta