Menu
Busca terça, 20 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Conselho de Ética e CPI dos Correios vão trabalhar em parceria

14 julho 2005 - 13h41

O presidente do Conselho de Ética da Câmara, deputado Ricardo Izar (PTB-SP), e o presidente da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) mista dos Correios, senador Delcídio Amaral (PT-MS), decidiram nesta quinta-feira trabalhar em conjunto nas investigações das denúncias de corrupção envolvendo congressistas."Vamos ter reuniões periódicas, habituais. Não digo que serão semanalmente, poderão ser duas ou três vezes por semana, ou haverá semana em que não ocorrerá nenhuma reunião. Vamos trocar documentos, comparar depoimentos para acelerar os trabalhos tanto da CPI como do Conselho", explicou Ricardo Izar.O Conselho investiga o deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ), devido a uma representação feita contra ele pelo presidente do PL, deputado Valdemar Costa Neto (SP), que alegou quebra de decoro parlamentar de Jefferson porque ele fez as denúncias sobre o pagamento de mesada a deputados sem apresentar qualquer comprovação de suas denúncias. A CPI investiga as denúncias de corrupção nos Correios, entre elas a de que o PTB cobrava propina das pessoas indicadas pelo partido para ocupar cargos de confiança na estatal, e a fita gravada com o ex-chefe de departamento dos Correios Maurício Marinho na qual ele foi flagrado recebendo R$ 3.000,00.Segundo Izar, os encontros dos presidentes e relatores da CPI dos Correios e do Conselho de Ética devem ter início já na próxima terça-feira. O deputado paulista informou que, no caso dos documentos, é o Conselho que vai fornecer material para a CPI. "A Comissão vai nos ajudar mais nos depoimentos. O Conselho não tem poder de convocar e a CPI tem", explicou Izar. O presidente do Conselho afirmou que no depoimento prestado nesta quarta-feira pelo ex-diretor de tecnologia dos Correios Eduardo Medeiros tem várias contradições com o depoimento prestado por ele, um dia antes, na CPI dos Correios. "Vamos fazer a análise de todos os depoimentos coincidentes, ver as contradições e analisar a necessidade ou não de chamar estas pessoas para depor novamente."

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESTADOS UNIDOS
Júri declara ex-policial Derek Chauvin culpado pela morte de George Floyd
Casal é preso enquanto aplicava golpe em seguradora da fronteira
Nelsinho Trad fará requerimento para profissionais de transporte de pessoas
POLÍTICA
Nelsinho Trad fará requerimento para profissionais de transporte de pessoas
DOURADOS
Motociclista morre no HV 18 dias após sofrer acidente no centro
UFGD
Prazo para inscrever projetos de Iniciação Científica termina na próxima semana
MEIO AMBIENTE
PMA de Dourados captura família de gambá no Jardim Água Boa
CÂMARA
Deputados aprovam urgência de projeto para privatizar os Correios
Transportando 26 cavalos ilegalmente, idoso é preso com dólares e reais
REGIÃO
Presidente da Assomasul destaca emenda que cria o ICMS Educacional 
DOURADOS
Polícia apreende 80 quilos de maconha na região do jardim Água Boa 

Mais Lidas

ASSALTO
Mulher tem carro roubado ao parar no semáforo em Dourados
POLÍCIA
Irmãos morrem após serem atropelados por caminhonete em rodovia
LOTERIAS
Mega-Sena premia uma aposta com R$ 40 milhões e 11 douradenses acertam a Quadra
DOURADOS/ITAPORÃ
Produtor rural morto em acidente na MS-156 voltava de aniversário em pesqueiro