Menu
Busca quinta, 06 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Conheça os principais erros ao declarar o imposto de renda

16 março 2011 - 08h51

Todos os anos, nos meses de março e abril, os brasileiros se dedicam a reunir informações de rendimentos para, na maioria dos casos, fazer sua declaração de imposto de renda em cima da hora.

Não é complicado, para quem tem um pouco de afinidade com informática e algum tempo para preencher os dados, é até bem simples. Basta baixar esse arquivo aqui para preencher a declaração e esse aqui para enviar a declaração feita.

Mas nem tudo são flores. Ainda hoje muitos erros são cometidos na hora de declarar o imposto, talvez muitos por deixar para última hora e fazer no afobamento. Fora isso, conversamos com o contador Fábio Oliveira, da OCContábil, que citou alguns dos erros mais comuns. "No próprio programa da receita você pode encontrar uma listagem com esses erros", informa o contador.

Declarar dependente que não é dependente. "O dependente pode até ter renda, mas você tem que declarar a renda somando a sua. Pode ser pai, mãe, filhos até os 18 ou até 24, se estiverem cursando faculdade, mas não pode só contar o abatimento, precisa contar a renda também", alerta Oliveira.

Outro erro comum é não declarar outras fontes de renda. Fábio alerta que é preciso declarar todas as fontes, caso não o faça, o cidadão está sujeito a receber multas sobre o valor não declarado.

Mais simples que os outros, mas tão ou mais comum que eles é a digitação errada dos campos, diz o contador. Assim como nos outros casos, esse equívoco pode dar uma dor de cabeça em um futuro não muito distante.

Confira outros erros comuns:

- informar o CNPJ errado. Pode parecer simples, mas acontece e com ele errado a declaração é retida.

- Declarar os rendimentos do cônjuge no lugar errado. Os rendimentos do cônjuge devem ficar no quadro de rendimentos tributáveis recebidos de pessoas jurídicas pelos dependentes, cuidado para não confundir.

- Deduzir o indedutível. Nem toda doação feita para organizações podem ser deduzidas do imposto de renda.

- Inserir o desconto de plano de saúde no desconto autorizado para o titular. Planos de saúde são dedutíveis, mas é preciso cadastrar corretamente.

- Informar incorretamente os rendimentos de previdência privada.

As declarações de pessoa física podem ser feitas até o último dia útil de abril, que esse ano cai no dia 29.

Deixe seu Comentário

Leia Também

STJ
Advogado acusado de matar ex-lider do PSL sofre nova derrota na Justiça
IBGE
Governo recorre da decisão do Supremo sobre realização do Censo 2021
Motorista perde o freio e caminhão carregado com frangos colide em carreta
Motorista perde o freio e caminhão carregado com frangos colide em carreta
BRASIL
Mulher vítima de violência terá prioridade em programa habitacional
Jeep bate em carreta, capota, sai da pista e fica destruído na BR-267
NOVA ANDRADINA
Jeep bate em carreta, capota, sai da pista e fica destruído na BR-267
BRASÍLIA
'Tô vendo uma barata aqui', diz Bolsonaro a apoiador com cabelo 'black power'
Suspeito de levar foragidos do ES ao Paraguai é preso com R$ 12 mil
UFGD
Workshop de saúde vocal para profissionais da voz acontece na próxima semana
NOVA ANDRADINA
Ex-namorado de líder do PSL encontrada morta, é indiciado por feminicídio
BRASIL
Caixa Econômica lança campanha para estimular transações pelo celular

Mais Lidas

PANDEMIA
Decreto reduz toque de recolher em Dourados na semana do Dia das Mães
DOURADOS
Pancadaria em motel termina na delegacia com três pessoas detidas
REGIÃO
Mãe e filha são executadas em locais diferentes na fronteira
PONTA PORÃ
Vítima de execução na fronteira registrou boletim de ocorrência contra o namorado