sexta, 14 de junho de 2024
Dourados
32ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Congresso Internacional do Leite será realizado na Capital

25 outubro 2004 - 13h32

Campo Grande vai sediar de 4 a 7 de novembro, o IV Congresso Internacional do Leite. O evento está sendo promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Agrário e Idaterra (Instituto do Desenvolvimento Agrário, Assistência Técnica e Extensão Rural), em parceria com a Embrapa Gado de Leite (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária).O IV Congresso Internacional do Leite envolve a realização do IV Workshop sobre Políticas Públicas para o Agronegócio do Leite no Brasil e o VI Simpósio Sobre Sustentabilidade da Pecuária de Leite no Brasil. Haverá ainda outros eventos paralelos, como o encontro da Comissão de Pecuária Leiteira da CNA e Câmara Setorial do Leite - MS; Reunião do Comitê Assessor Externo da Embrapa Gado de Leite; e, o Encontro de Jornalistas especializados na Cadeia Produtiva do Leite. Dentre os temas da programação estão: Cenários para o Desenvolvimento do Agronegócio do Leite Brasileiro (FAO), Desafios Nacionais para a Cadeia Produtiva do Leite - CNA, Consumo de Leite e derivados ( Láctea Brasil), Políticas de Leite - FEPALE, Comércio Internacional de Lácteos, Política de Preços e indicadores de mercado, Futuro da Produção Familiar, Sistemas de Alimentação, Produção de Leite a Pasto, Produção Orgânica Alternativas de T T, Sistemas Silvipastoris.A iniciativa envolverá produtores de leite nacional e internacional em todas as escalas e não apenas a produção familiar. Além do Brasil, haverá participação de representantes de países como Itália, Cuba, Argentina e Uruguai. As outras edições do Congresso Internacional do Leite aconteceram em Goiânia (GO), em Foz do Iguaçu (PR) e em Araxá (MG). A escolha por Mato Grosso do Sul , segundo o representante da Embrapa, se deve ao potencial de expansão da pecuária leiteira e as políticas do governo estadual para o setor, que são discutidas na Câmara Setorial. Segundo o chefe-geral da Embrapa Gado de Leite, Paulo do Carmo Martins, Cerrado do Centro-Oeste, do qual faz parte Mato Grosso do Sul, tem uma tendência de expansão da bacia leiteira. "O Estado tem grande potencial", observou. Ele destacou ainda a estrutura que o governo sul-mato-grossense dispõe, através do Instituto do Desenvolvimento Agrário, Assistência Técnica e Extensão Rural (Idaterra), para realizar parcerias que possibilitem a realização do Congresso Internacional do Leite.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MPMS oferece denúncia contra policiais militares suspeitos pela morte de ex-vereador
ANASTÁCIO

MPMS oferece denúncia contra policiais militares suspeitos pela morte de ex-vereador

Pacheco diz que projeto do aborto "jamais iria direto ao plenário"
BRASIL

Pacheco diz que projeto do aborto "jamais iria direto ao plenário"

Dois são presos com mais de R$ 500 mil em produtos que seriam entregues em Dourados
CONTRABANDO

Dois são presos com mais de R$ 500 mil em produtos que seriam entregues em Dourados

MS registra seis mortes por Influenza e número de óbitos chega a 44 no ano
GRIPE

MS registra seis mortes por Influenza e número de óbitos chega a 44 no ano

Fase semifinal do Campeonato Estadual Sub-13 começa neste sábado
FUTEBOL

Fase semifinal do Campeonato Estadual Sub-13 começa neste sábado

DIÁRIO OFICIAL

Governo Federal sanciona lei que institui a Tarifa Social de Água e Esgoto

HEMOSUL

Dourados recebe em média, menos da metade das doações de sangue necessárias diariamente

CENSO

Brasil tinha 3,5 milhões de imóveis em construção e reforma em 2022

REGULAMENTAÇÃO

Câmara aprova projeto de Fábio Luís que amplia estacionamento gratuito para PcD em Dourados

EDUCAÇÃO

Escolagov-MS apresenta recomendações para fortalecimento das escolas de governo do Brasil

Mais Lidas

DECISÃO

Mesmo sem duplicação de pontos críticos, pedágios da BR-163 aumentam a partir desta sexta-feira

VENDA DE ALIMENTOS

Ministério Público pede fechamento de cantinas em presídios de MS

LUTO

Policial civil sofre infarto no trabalho e morre em hospital de Dourados

DOURADOS

Com investimento de quase R$ 4,5 milhões, asfalto no Altos do Indaiá tem ordem de serviço autorizada