Menu
Busca quarta, 12 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Congresso debaterá imagem do serviço público no País

09 agosto 2004 - 10h15

Segmento dos mais criticados e entre os mais desgastados junto à opinião pública, o serviço público brasileiro vai do céu ao inferno quando o tema é confiabilidade. Mesmo com experiências inéditas e inovadoras, a imagem do serviço público ainda é ruim e deixa muito a desejar, fruto não só das denúncias que chegam diariamente à mídia, mas da própria essência desta estratégica e questionada atividade. Cerca de 400 profissionais de todo o País, que atuam nos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, vão se reunir nos próximos dias 24, 25 e 26 de agosto, em São Paulo, no 4º Congresso Brasileiro de Comunicação no Serviço Público, para debater uma série de questões ligadas à imagem do serviço público e também para conhecer experiências inovadoras que deram certo e que tem permitido uma maior aproximação das administrações públicas da sociedade. Algumas das apresentações programadas para o evento são: A comunicação, o Brasil e os novos caminhos no resgate da cidadania; Como lidar com as denúncias no Serviço Público; A modernização da comunicação do Serviço Público; Como se comunicam as metrópoles brasileiras; Resgate de uma imagem - o case TRT de São Paulo; e Trabalhando a serviço do direito à informação. O evento já tem confirmadas as presenças do ministro Nilmário Miranda, da Secretaria Especial de Direitos Humanos do Governo Federal, e de Eugênio Bucci, presidente da Radiobrás, ao lado de outros especialistas em comunicação nos chamados Três Poderes. Além deles, também vai participar do encontro Angela Maria Funez Trejo, especialista em comunicação do BID - Banco Interamericano de Desenvolvimento.Emprestam apoio à iniciativa o BNDES - Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, a revista Pesquisa Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), a Gol Transportes Aéreos e instituições ligadas à atividade profissional dos jornalistas e dos relações públicas, entre elas a Federação Nacional dos Jornalistas - Fenaj e o Conselho Federal de Profissionais de Relações Públicas - Conferp.Segundo Eduardo Ribeiro, diretor da Mega Brasil, empresa que organiza o evento, esta quarta edição do Congresso terá forte presença de experiências municipais, caso de São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Porto Alegre, Juiz de Fora e Ipatinga, exatamente para estimular a participação de comunicadores que atuam nessa esfera, num momento estratégico, o da realização das eleições. "Além disso - comenta - vamos ter temas de grande relevância para quem atua ou quer atuar nessa área como a criação de um manual de redação e estilo para o serviço público, os limites da propaganda e da divulgação em tempos de eleições, o serviço público e a imprensa estrangeira (caso Larry Rohter, do New York Times), relações públicas nas empresas públicas e privadas, entre outros".As inscrições estão abertas e custam R$ 500 até o dia 10 de agosto. O programa completo está no site www.megabrasil.com, Outras informações pelo telefone 11-5573-3627.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Corpo encontrado em lagoa fica sobre "reboque" até chegada da polícia
COXIM
Corpo encontrado em lagoa fica sobre "reboque" até chegada da polícia
TEMPO
Quarta-feira nublada com possibilidade de chuva em Dourados
RECURSO PRIVILEGIADO
Ação contra exclusão de multas no Detran prende um com CNHs falsas
SENADO
Aprovado caráter permanente do Programa se apoio às Microempresas 
Caminhão tomba e espalha carga de soja sobre rodovia
CAPITAL
Caminhão tomba e espalha carga de soja sobre rodovia
DOURADOS
Campanha do Agasalho arrecada 600 quilos e supera meta inicial
CLIMA
Inmet alerta Dourados para perigo de chuvas intensas e declínio de temperatura
Pedreiro é condenado a pagar R$ 50 mil por estuprar enteada de 13 anos
CAIXAS
Saúde distribui térmicas para municípios transportarem vacinas
NOVA ALVORADA
Vizinhos sentem falta e homem encontra corpo do irmão em decomposição

Mais Lidas

PANDEMIA
Levado pela Covid-19, "João da União" deixa legado para família e em Dourados
INDÁPOLIS
'Frio' e com roupa ainda suja de sangue, assassino de tio não mostrou arrependimento ao ser preso
DOURADOS
Homem morre no HV após acidente com condutor que empinava moto
PANDEMIA
Novo decreto mantém toque de recolher às 21h e autoriza abertura de cinema em Dourados