Menu
Busca segunda, 12 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Congresso adia CPI à espera de depoimento de Jefferson

14 junho 2005 - 12h42

Os congressistas da base aliada e da oposição decidiram adiar a sessão que iria definir o presidente e o relator da CPI dos Correios para depois da ordem do dia da Câmara --por volta das 19h.
Todos querem acompanhar o depoimento do presidente do PTB, Roberto Jefferson (RJ), no Conselho de Ética da Câmara, previsto para acontecer às 14h30 (horário de Brasília). Até o início da noite, deputados e senadores irão novamente tentar entrar em um acordo sobre a divisão dos cargos. Caso isso não aconteça, a definição será mesmo no voto.
 A oposição não abre mão de indicar o senador César Borges (PFL-BA) para um dos dois cargos. Os governistas admitem ceder a presidência para a oposição, mas sugerem outros senadores tucanos e pefelistas para o posto. "Esperamos construir um nome de comum acordo", disse o líder do governo no Senado, Aloizio Mercadante (PT-SP).
O líder do governo na Câmara, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), confirmou que, se não houver acordo, a base aliada vai indicar o senador Delcídio Amaral (PT-MS) para a presidência e o deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR) para a relatoria da CPI. O líder do PMDB no Senado, Ney Suassuna (PB), já deu sinais de que o partido será obstáculo para um acerto entre oposicionistas e governistas.
Como maior bancada no Senado, os peemedebistas teriam direito a indicar um parlamentar do partido para um dos dois principais cargos da comissão. "Nós fazemos questão de ter um dos cargos e vamos lutar por isso", afirmou Suassuna.
Dessa forma, se o governo quisesse compor com a oposição, o PT --que tem maior bancada na Câmara teria de abrir mão da escolha de um dos cargos. Neste cenário, o mais provável é que a escolha dos cargos dirigentes das investigações seja decidida no voto.
Os governistas têm maioria na comissão. Dos 32 integrantes, 19 pertencem à base aliada e 13 à oposição, o que daria uma vitória folgada ao governo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Inscrições para ocupação de bolsas remanescentes do Prouni ocorrerão em 3 e 4 de maio
SIDROLÂNDIA
Acusado de matar homem e ocultar corpo em Assentamento se apresenta à polícia
MS mantém média alta de mortes por coronavírus e ultrapassa 4,9 mil óbitos
PANDEMIA
MS mantém média alta de mortes por coronavírus e ultrapassa 4,9 mil óbitos
Com mais 51 testes positivos, Dourados confirma mais duas mortes por Covid
PANDEMIA
Com mais 51 testes positivos, Dourados confirma mais duas mortes por Covid
Policiais presos com drogas em MS são transferidos para presídio militar na Capital
TRÁFICO DE DROGAS
Policiais presos com drogas em MS são transferidos para presídio militar na Capital
REFORMA E AMPLIAÇÃO
Exército aponta ritmo acelerado nas obras do aeroporto em Dourados
PAULISTÃO
Após goleada, São Paulo volta a campo e encara o Red Bull
EDUCAÇÃO
Dourados faz parte de projeto piloto do MEC para modernização da gestão educacional
UTI'S
Com 100% dos leitos para Covid ocupados, 25 pessoas aguardam vagas em Dourados
BELEZA & ESTÉTICA
3 dicas infalíveis para lidar com a pele no isolamento social

Mais Lidas

HOMICÍDIO
Jovem é morta com tiros de escopeta em Itaporã
DOURADOS
Motociclista tem suspeita de fratura nas pernas após ser atingido por carro
ITAPORÃ
Jovem morta com tiros de escopeta tinha passagem por tráfico de drogas
PANDEMIA
Covid mata 11 pessoas em Dourados em dia de 149 novos casos