Menu
Busca segunda, 01 de junho de 2020
(67) 99659-5905
DOENÇAS DE PELE

Como se pega herpes e como se proteger

09 maio 2020 - 06h00Por Manuel Reis / Tua Saúde

A herpes é uma doença altamente contagiosa que se pega através do contato direto com a ferida da herpes de alguém, pelo beijo, pela partilha de copos ou pelo contato íntimo desprotegido. Além disso, em alguns casos, também pode passar pela partilha de algumas peças de roupa.

Além disso, o contato com algum objeto infectado com o vírus, como copo, talheres, toalhas da pessoa infectada também é altamente contagioso na fase em que a ferida está cheia de bolhas com líquido.

Dependendo do tipo de herpes, existem situações específicas que podem transmitir o vírus:

1. Herpes labial

O vírus da herpes labial pode ser transmitido de várias formas, que incluem:

Beijar;
Partilhar o mesmo copo, talher ou prato;
Usar a mesma toalha;
Usar a mesma lâmina de barbear.

O herpes pode ainda ser transmitido por qualquer outro objeto que tenha sido usado anteriormente pela pessoa com herpes e que ainda não tenha sido desinfetado.

Embora seja mais fácil que o vírus da herpes seja transmitido apenas quando a pessoa tem uma ferida na boca, ele também pode passar mesmo quando não existe qualquer sintoma, já que existem momentos ao longo do ano em que o vírus se torna mais facilmente transmissível, mesmo sem causar o surgimento das feridas no lábio.

Além disso, uma pessoa com herpes labial também pode transmitir o vírus através do sexo oral, podendo gerar uma situação de herpes genital na outra pessoa.

2. Herpes genital

O vírus da herpes genital é facilmente transmitido através de:

Contato direto com a ferida na região genital e secreções do local;
Uso de objetos ou roupas que tenham entrado em contato com a ferida;
Qualquer tipo de relação sexual sem camisinha;
Uso da mesma roupa íntima ou toalhas para limpar a região íntima.

Ao contrário do conhecimento popular, o herpes genital não passa através do vaso sanitário, de lençóis ou por nadar em uma piscina com outra pessoa infectada.

3. Herpes zóster

Embora tenha o mesmo nome, o herpes zóster não é causado pelo vírus da herpes, mas sim por uma reativação do vírus da catapora. Assim, a doença não pode ser transmitida, sendo apenas possível transmitir o vírus da catapora. Quando isso acontece, o mais provável é que a pessoa desenvolva catapora, e não herpes zóster, especialmente se nunca tiver tido catapora.

O vírus da catapora, responsável pelo herpes zóster, é transmitido principalmente pelo contato com as secreções liberadas pelas feridas do herpes zóster e, por isso, é muito importante que a pessoa infectada evite coçar as lesões, lavar frequentemente a mãos, assim como deixar o local sempre tapado.

Como não pegar herpes

O vírus da herpes é muito fácil de pegar, no entanto, existem alguns cuidados que ajudam a diminuir o risco de transmissão, como:

Ter relações sexuais protegidas com preservativo;
Evitar beijar outras pessoas com herpes labial visível;
Evitar a partilhar de copos, talheres ou pratos com pessoas que apresentem uma ferida de herpes visível;
Não partilhar objetos que possam ter estado em contato com feridas do herpes;

Além disso, lavar as mãos frequentemente, especialmente antes de comer ou tocar no rosto, também ajuda a proteger contra a transmissão de vários vírus, como o da herpes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Projeto que cria a Lei das Fake News pode ser votado nesta terça-feira
PONTA PORÃ
Após denúncia, DOF apreende drogas sendo embaladas em residência
PANDEMIA
Taxa de ocupação de leitos de UTI para covid-19 no Rio é de 91%
ECONOMIA
Auxílio emergencial começa a ser creditado na conta de beneficiários
CASSILÂNDIA
Homem é autuado em R$ 10 mil por degradação ambiental
MATO GROSSO DO SUL
ALEMS ratifica isenção de ICMS na parcela da subvenção da tarifa de energia elétrica
PANDEMIA
Receita Federal doa mais de 9 mil produtos apreendidos para enfrentamento da Covid-19
TECNOLOGIA
Sul-mato-grossenses podem baixar aplicativo MS Digital para ter acesso a mais de 50 serviços públicos
PANDEMIA
Visitas a presídios federais estão suspensas por mais 30 dias
TECNOLOGIA
Consumo de vídeo e áudio online cresce no Brasil, aponta pesquisa

Mais Lidas

DOURADOS
Protocolo é seguido e mulher vítima do coronavírus é enterrada sem despedida de familiares
PANDEMIA
Estado alerta que Dourados deve ser cidade com mais casos de Covid-19 na próxima semana
MAIORIA JOVENS
Vítima fatal da Covid-19 faz parte da faixa etária com mais casos da doença em Dourados
POLÍCIA
Homem encontrado morto sob a ponte do Calarge tinha 38 anos