Menu
Busca segunda, 01 de junho de 2020
(67) 99659-5905
SAÚDE & ESTÉTICA

Como escovar os dentes corretamente em 5 passos

04 maio 2020 - 08h00Por Uniodonto

Para evitar o desenvolvimento de cáries e da placa bacteriana nos dentes é fundamental escovar os dentes pelo menos 2 vezes ao dia, sendo que uma delas deve ser sempre antes de dormir, pois durante a noite há maior chance das bactérias se acumularem na boca.

Para a escovação dos dentes ser eficaz deve-se usar pasta com flúor desde o nascimento dos primeiros dentes e mantida ao longo da vida, para se manter os dentes fortes e resistentes, evitando o desenvolvimento de cáries e outras doenças bucais como placas bacterianas e gengivite, que podem causar mal hálito, dor e dificuldade para comer devido à inflamação do dente e/ou gengiva causam dor e dificuldade em comer, por exemplo.

Como escovar os dentes corretamente

Para ter uma boa saúde bucal, é importante escovar bem os dentes diariamente seguindo os seguintes passos:

  1. Colocar pasta de dente na escova que pode ser manual ou elétrica;
  2. Encostar as cerdas da escova na região entre a gengiva e os dentes, fazendo movimentos circulares ou verticais, da gengiva para fora, e repetindo o movimento por cerca de 10 vezes, a cada 2 dentes. Este procedimento também deve ser feito na parte de dentro dos dentes, e, para limpar a parte de cima deles, deve-se fazer um movimento de vai-e-vem.
  3. Escovar a língua fazendo movimentos para trás e para a frente;
  4. Cuspir o excesso de pasta de dente;
  5. Bochechar um pouco de enxaguante bucal para finalizar, como Cepacol ou Listerine, por exemplo, para desinfetar a boca e eliminar o mau hálito. No entanto o uso de enxaguante bucal não deve ser feito sempre, pois o seu uso constante pode desequilibrar a microbiota normal da boca, o que pode favorecer a ocorrência de doenças.

É recomendado que a pasta de dente contenha flúor em sua composição, em quantidade entre 1000 e 1500 ppm, já que o flúor ajuda a manter a saúde da boca. A quantidade de pasta ideal para usar é de cerca de 1 cm para adultos, e o que corresponde ao tamanho da unha do dedo mindinho ou ao tamanho de uma ervilha, no caso de crianças. 

Para evitar o desenvolvimento de cáries, além de escovar os dentes corretamente é importante evitar comer alimentos ricos em açúcar, principalmente antes de ir dormir, já que esses alimentos normalmente favorecem a proliferação das bactérias naturalmente presentes na boca, o que aumenta o risco de cáries. Além disso, outros alimentos também podem danificar os dentes provocando sensibilidade e manchas, como café ou frutas ácidas, por exemplo.

Como escovar os dentes com aparelho ortodôntico

Para escovar os dentes com aparelho ortodôntico, deve-se usar uma escova comum, e iniciar com movimentos circulares entre a gengiva e a parte de cima dos brackets, com a escova a 45º, removendo a sujeira e placas bacterianas que podem estar nesta região.

Em seguida, o movimento deve ser repetido na parte de baixo dos brackets, também com a escova a 45º, removendo também a placa neste local. Em seguida, o procedimento na parte interna e de cima dos dentes é igual ao explicado no passo-a-passo.

A escova interdental pode ser usada para alcançar locais de difícil acesso e para limpar as partes laterais dos brackets, pois tem uma ponta mais fina com cerdas e, por isso, é muito útil para quem usa aparelhos ou para quem tem próteses.

Como manter a higiene da escova de dentes

Para manter a higiene da escova de dentes, é recomendado que seja guardada em um local seco e com as cerdas voltadas para cima e, de preferência, protegida por uma tampinha. Além disso, é recomendado que não seja compartilhada com outras pessoas para diminuir o risco de desenvolver cáries e outras infecções na boca.

Quando as cerdas da escova começam a ficar tortas deve-se substituir a escova por uma nova, que ocorre normalmente de 3 em 3 meses. Também é muito importante trocar de escova depois de uma gripe ou resfriado para reduzir o risco de ter uma nova infecção.

Quando ir ao dentistaPara manter a boca saudável e sem cáries deve-se ir no dentista pelo menos 2 vezes ao ano, ou de acordo com a orientação do dentista, para que a boca seja avaliada e possa ser feita uma limpeza geral, em que é avaliada a presença de cáries e as placas bacterianas, caso existam, possam ser removidas.

Além disso, outros sintomas que indicam necessidade de ir ao dentista incluem sangramento e dor nas gengivas, mau hálito constante, manchas nos dentes que não saem com a escovação ou mesmo sensibilidade nos dentes e gengivas ao comer alimentos frios, quentes ou duros.

E para isso, nós da Uniodonto de Dourados temos os melhores planos odontológicos para oferecer a você. Uniodonto, bom para você, sua família e para sua empresa.

Baixar o aplicativo clique aqui!

Nosso site clique aqui! 

Facebook clique aqui!  

Instagran clique aqui! 

Linkedin clique aqui! 

Fone (67) 3422-3577

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Projeto que cria a Lei das Fake News pode ser votado nesta terça-feira
PONTA PORÃ
Após denúncia, DOF apreende drogas sendo embaladas em residência
PANDEMIA
Taxa de ocupação de leitos de UTI para covid-19 no Rio é de 91%
ECONOMIA
Auxílio emergencial começa a ser creditado na conta de beneficiários
CASSILÂNDIA
Homem é autuado em R$ 10 mil por degradação ambiental
MATO GROSSO DO SUL
ALEMS ratifica isenção de ICMS na parcela da subvenção da tarifa de energia elétrica
PANDEMIA
Receita Federal doa mais de 9 mil produtos apreendidos para enfrentamento da Covid-19
TECNOLOGIA
Sul-mato-grossenses podem baixar aplicativo MS Digital para ter acesso a mais de 50 serviços públicos
PANDEMIA
Visitas a presídios federais estão suspensas por mais 30 dias
TECNOLOGIA
Consumo de vídeo e áudio online cresce no Brasil, aponta pesquisa

Mais Lidas

PANDEMIA
Estado alerta que Dourados deve ser cidade com mais casos de Covid-19 na próxima semana
POLÍCIA
Homem encontrado morto sob a ponte do Calarge tinha 38 anos
DOURADOS
HU emite nota de esclarecimento sobre atendimento de mulher que morreu com Covid-19
DOURADOS
Homem é encontrado morto embaixo de ponte no córrego Laranja Doce