Menu
Busca sábado, 27 de fevereiro de 2021
(67) 99257-3397

Comissão vota fim de assinatura básica de telefone

05 abril 2004 - 17h24

A Comissão de Defesa do Consumidor tem na pauta da semana o Projeto de Lei 5476/01, do deputado Marcelo Teixeira (PMDB-CE), que prevê o fim do pagamento da assinatura básica de telefone. A assinatura básica é a taxa mínima obrigatória paga por todos os usuários. Segundo o deputado Daniel Almeida (PCdoB-BA), o Instituto de Defesa do Consumidor (Idec) registrou um aumento real de 4.400% nessa assinatura, que passou de R$ 0,44 em 1995 para R$ 19,97 em 2002. Atualmente, a assinatura básica residencial custa, em média, R$ 20, e a não-residencial, cerca de R$ 30. Os valores variam de acordo com o estado. O presidente da comissão, deputado Paulo Lima (PMDB-SP), recebeu um abaixo-assinado com mais de 40 mil assinaturas de pessoas do estado do Paraná contra a tarifa fixa dos telefones. O deputado Alex Canziani (PTB-PR) foi o responsável pela coleta das assinaturas e pela entrega do documento ao presidente da comissão. Pulsos e minutos Pela proposta, as prestadoras de serviço de telefonia fixa cobrarão do assinante apenas os pulsos e minutos efetivamente utilizados. Pulsos são unidades de medida que têm duração de quatro segundos. O projeto recebeu parecer favorável do relator, deputado Luiz Bittencourt (PMDB-GO). No relatório, ele prevê o fim da cobrança de taxa de assinatura e da tarifa mínima de telefonia, e defende que o consumidor pague apenas pelos pulsos das ligações. O parlamentar ressalta a importância da matéria, que favorece principalmente as camadas de renda mais baixa. O deputado Inácio Arruda (PCdoB-CE), autor do PL 7113/02, que tramita junto com a proposição, afirma que a cobrança da assinatura básica fere o Código de Defesa do Consumidor, pelo qual nenhum cidadão pode arcar com o ônus de um serviço do qual não desfrutou. A taxa básica de assinatura constitui-se em uma contraprestação da disponibilidade de um serviço. "Entretanto, a mera disponibilidade não gera obrigação de pagamento", avalia Arruda. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Adolescente que teve 90% do corpo queimado por chapa morre em hospital
ECONOMIA
Aneel mantém bandeira amarela na tarifa de energia elétrica em março
Douradense é multado em R$ 55 mil por desmatamento de vegetação nativa
MEIO AMBIENTE
Douradense é multado em R$ 55 mil por desmatamento de vegetação nativa
Senadora Soraya indica emendas no valor de quase R$ 1 bilhão ao Agro
POLÍTICA
Senadora Soraya indica emendas no valor de quase R$ 1 bilhão ao Agro
Garoto de 14 anos morre ao ser lançado de carro durante capotagem
TJ/MS
Selo Justiça pela Paz em Casa começa a ser entregue nas comarcas
CRIME AMBIENTAL
Com imagem de satélite, PMA autua produtor de Dourados em R$ 55 mil
BRASIL
Governo adia novamente prazo de adoção da nova carteira de identidade
FRONTEIRA
Antes de ser executado, homem foi sequestrado e torturado
COVID-19
Distrito Federal decreta lockdown total a partir do próximo domingo

Mais Lidas

DOURADOS 
Operação desarticula quadrilha especializada em furtos de máquinas agrícolas
DOURADOS 
Mulher é esfaqueada na região central e encaminhada ao HV em estado grave
PARAGUAI
Quadrilha é presa com 1,4 tonelada de cocaína e até avião na fazenda de Pavão
DOURADOS 
Mulher que esfaqueou rival é autuada em flagrante por tentativa de homicídio