Menu
Busca terça, 20 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Começa hoje na Índia o 4º Fórum Social Mundial

16 janeiro 2004 - 14h45

Cerca de 75 mil ativistas contra a globalização e 2,5 mil ONGs (organizações não-governamentais)estão reunidos na maior cidade da Índia, Bombaim, para o Fórum Social Mundial, que começa hoje. O encontro, em sua quarta edição, está sendo realizado pela primeira vez na Ásia. As suas primeiras três edições foram feitas em Porto Alegre, no Brasil. Entre os temas discutidos no evento, com seis dias de duração, estão a "globalização imperialista", a segurança internacional e os direitos civis. O fórum foi concebido como um movimento contra a globalização econômica e é formado em geral por sindicalistas, ONGs e partidos de esquerda. Uma das razões para a transferência do Fórum Social Mundial para a Índia foi a necessidade de tornar o movimento mais representativo entre os países e populações mais pobres. Até o ano passado, o evento era freqüentado e coordenado sobretudo por europeus e latino-americanos. Há também uma tentativa de revitalizar e ampliar o espectro do fórum. A ocupação do Iraque pelos Estados Unidos é um dos temas principais que serão discutidos em Bombaim. Outros assuntos, como alimentos transgênicos e racismo, também estarão em pauta. Os ativistas contra a guerra receberam bem as notícias da recente iniciativa de paz entre a Índia e o Paquistão. Mas essa pode ser a única boa notícia para o governo indiano vinda do fórum. O encontro deve ser marcado por críticas à hierarquia existente no hinduísmo, com um sistema de castas que relega cerca de um sexto da população da Índia (quase 200 milhões de pessoas) às castas mais baixas e oprimidas. E não deve ser só isso. O governo indiano também deve ser criticado pela existência de trabalho infantil no país, além do grande abismo existente entre ricos e pobres.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Colisão entre carreta e pick-up mata motorista de 32 anos na BR-262
POLÍTICA
Congresso derruba veto de Bolsonaro e aumenta pena de crimes na internet
Rapaz diz que matou ex-padrasto após ser humilhado na frente da mãe
ROTEIRO PRÉVIO
CPI prevê quebras de sigilo, acareações e audiências auxiliares de Bolsonaro
MEIO AMBIENTE
Proprietário rural é multado em R$ 2 mil por desmatamento ilegal 
JUSTIÇA
Saiba onde ir em busca de um acordo como solução de seu conflito
JARDIM
Traficante abandona caminhonete com 1,7 tonelada de maconha
REGIÃO
Saúde de MS promete mais agilidade na entrega de resultados de exames
RIO VERDE
Preso homem que matou namorado da ex e atropelou bebê de 2 anos
DOURADOS
Prefeitura entrega remessa com 5 mil folhas de documentos da CPI Covid

Mais Lidas

ASSALTO
Mulher tem carro roubado ao parar no semáforo em Dourados
POLÍCIA
Irmãos morrem após serem atropelados por caminhonete em rodovia
LOTERIAS
Mega-Sena premia uma aposta com R$ 40 milhões e 11 douradenses acertam a Quadra
DOURADOS/ITAPORÃ
Produtor rural morto em acidente na MS-156 voltava de aniversário em pesqueiro