Menu
Busca terça, 11 de agosto de 2020
(67) 99659-5905

Comandante da PM não fala sobre ‘briga’ com o secretário

02 dezembro 2003 - 13h27

O comandante-geral da PM (Polícia Militar) Ivan de Almeida se recusou a falar sobre possíveis desentendimentos entre ele e o secretário estadual de Justiça e Segurança Pública, Dagoberto Nogueira Filho. Procurado pela imprensa ele limitou-se a dizer: “Se é para falar sobre a Sejusp não tenho nada para falar”.Semana passada, surgiu o comentário de que Almeida teria ficado insatisfeito com demissão do comandante da Companhia de Guarda e Escolta da corporação, coronel Carlos Alberto Paes. Na ocasião, o secretário negou o possível desentendimento e o comandante não foi encontrado para falar sobre o caso. No entanto, após a solenidade de entrega de medalhas a bombeiros, membros das Polícias Militar, Civil, da secretaria e dos homenageados se cumprimentaram, no entanto, não houve diálogo entre o comandante e o secretário.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Congresso marca três reuniões para analisar todos vetos presidenciais
REFORMA TRIBUTÁRIA
Comissão avalia situação dos estados nesta quarta
CASAS POPULARES
Agência de habitação faz pré-seleção para novas moradias em Taquarussu
DOURADOS
População ainda pode participar de questionário para novo Plano Diretor
MUNDO NOVO
Homem é preso por tráfico e violência doméstica
AÇÃO CONJUNTA
Bitrem com carga de madeira ilegal é apreendido e empresa multada em mais de R$ 10 mil
BRASIL
Publicado guia com novos critérios para triagem de doadores de sangue
DOURADOS
Amigos vão procurar homem e encontram corpo em avançado estado de decomposição
ANTÔNIO JOÃO
Foragido da Justiça é preso durante ação da Polícia Civil
PANDEMIA
Acordo proíbe consumo de bebidas na Capital entre 13 e 16 de agosto

Mais Lidas

REGIÃO
Professora morre ao ter moto atingida por carro
DOURADOS
Suspeito de atropelar motociclista durante racha na BR-163 se apresenta à polícia
DOURADOS
Acidente entre carro e moto deixa homem em estado gravíssimo
FRONTEIRA
Ex-lutador de MMA é executado a tiros em confraternização