segunda, 22 de abril de 2024
Dourados
31ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Colombiano Montoya acirra ambiente da F-1

06 setembro 2003 - 16h10

Faltando três GPs para o fim da temporada, Michael Schumacher, Juan Pablo Montoya e Kimi Raikkonen disputam o título ponto a ponto. Outros quatro pilotos têm possibilidades de vencer o Mundial. Entre as equipes, quatro cultivam chances matemáticas de erguer a taça. Fato raro nos últimos anos, tudo anda indefinido na F-1.De certo, mesmo, apenas que esta será a decisão mais apimentada desde 97. O responsável por isso, o colombiano Montoya, 27. Antes mesmo de chegar à categoria, em 2001, o piloto da Williams já se notabilizava pela língua afiada. Não seria agora, pronto para dar o bote em Schumacher e ocupar pela primeira vez na carreira a liderança de um Mundial, que ele mudaria de atitude. A primeira farpa pré-abordagem já foi lançada. No material distribuído pela Williams à imprensa sobre a próxima etapa, o GP da Itália, domingo que vem, Montoya provoca o pentacampeão, a Ferrari e os fanáticos tifosi. "Obviamente haverá muitos ferraristas em Monza e seria muito legal vencer mais uma vez na casa deles", declarou o colombiano, que conseguiu em Monza, em 2001, sua primeira vitória na F-1. O tom das provocações deve subir nos próximos dias, até a prova da Itália, e nas semanas seguintes, antes dos GPs dos EUA e do Japão. Esse, afinal, é o seu estilo. "Sinceramente, não entendo toda essa badalação em cima do Michael. Se eu tivesse o carro que ele teve nos últimos anos, também teria sido campeão com facilidade", afirmou, antes do campeonato, em uma entrevista polêmica à "F-1", revista oficial da categoria. O pentacampeão não é o único Schumacher na mira de Montoya. Na mesma entrevista, o piloto atacou Ralf, irmão caçula do ferrarista e seu companheiro na Williams: "Não tenho nada em comum com ele. Nunca saímos para jantar e não tenho a mínima idéia do que ele gosta ou não gosta".As provocações de Montoya podem não dar em nada. Mas já criaram o cenário mais quente de um fim de Mundial desde Schumacher x Jacques Villeneuve. Em 97, às vésperas da decisão do título, o canadense acusou a Ferrari de portar recursos eletrônicos ilegais em seus carros. "São rumores estúpidos de maus perdedores. Deveriam fechar suas bocas para não engolir poeira", respondeu, rápido, o alemão.Nos anos seguintes, a F-1 assistiu a duelos insossos: Schumacher x Hakkinen (98 e 2000), Hakkinen x Irvine (99) e, nos últimos dois anos, Schumacher x ninguém. Daqui para a frente, pelo menos nos bastidores, tudo vai ser diferente. Montoya quer ser alguém. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Procon/MS inicia projeto para atendimento aos Povos Originários

Procon/MS inicia projeto para atendimento aos Povos Originários

Prefeitura e Câmara lamentam o falecimento do ex-vereador José Braga
DOURADOS 

Prefeitura e Câmara lamentam o falecimento do ex-vereador José Braga

Veículo roubado em Angélica é recuperado horas depois em Naviraí
POLÍCIA

Veículo roubado em Angélica é recuperado horas depois em Naviraí

Dupla é presa com contrabando milionário de produto contra a calvície
MS

Dupla é presa com contrabando milionário de produto contra a calvície

Ministério da Saúde garante instrumento para cuidado da pessoa com transtorno do espectro autista
SAÚDE E BEM-ESTAR

Ministério da Saúde garante instrumento para cuidado da pessoa com transtorno do espectro autista

DOURADOS

Campanha quer arrecadar 30 mil peças de roupas para atender pessoas em vulnerabilidade social

TRÁFICO

PRF e PM realizam maior apreensão de maconha do ano em Jardim

MS ATIVO MUNICIPALISMO

Com prefeitos e vereadores, Riedel lança 'maior programa municipalista de MS'

MS

Jovem é flagrado com contrabando milionário que entregaria em SP

ARTIGO

Caminhão de coleta de lixo - Código de Trânsito Brasileiro

Mais Lidas

COTAÇÃO

Soja segue em destaque no mercado do agro em Dourados, confira cotação

DOURADOS

Justiça manda arquivar processo de improbidade contra envolvidos na Operação Pregão

DOURADOS 

Jovem é estuprada após ser abordada por desconhecido em Saveiro branco

DOURADOS 

Mulher de 46 anos morre atropelada por motocicleta na MS-156