Menu
Busca segunda, 12 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Colômbia faz maior apreensão de cocaína de sua história

13 maio 2005 - 13h40

As autoridades da Colômbia apreenderam nesta sexta-feira pelo menos 12 toneladas de cocaína em uma operação realizada no Litoral Pacífico (sudoeste), a maior apreensão de droga na história do país, informaram fontes oficiais.
A droga foi apreendida pela Marinha e pela polícia em Bocas del Congal e outras localidades próximas fo porto de Tumaco, 800 quilômetros ao sudoeste de Bogotá, em uma operação que prendeu cinco pessoas e apreendeu lanchas e armas, segundo a polícia.
A corporação acrescentou que se investiga se a cocaína descoberta nessa área do departamento de Nariño, na fronteira com o Equador, pertence a blocos paramilitares de direita. Em Pasto, capital de Nariño, o chefe da polícia regional, o coronel Edgar Martínez, disse que na operação foram apreendidos nove fuzis e várias embarcações pequenas em Congal, San Jacinto e Milagros.
 O oficial disse que a droga apreendida pertence a grupos armados "à margem da lei", mas sem informar se se trata de paramilitares que controlam a região. Enquanto isso, o almirante Mauricio Soto, comandante da Marinha, e o general Jorge Daniel Castro, diretor da polícia, anunciaram que oferecerão detalhes sobre a operação em entrevista coletiva.
De acordo com números oficiais, a carga encontrada hoje pode valer no mercado internacional mais de 400 milhões de dólares. A Colômbia é o maior produtor mundial de droga e as quantidades apreendidas nos últimos dois anos são cada vez maiores. A produção anual de cocaína é estimada em quase 600 toneladas e em 2004 foram apreendidas cerca de cem toneladas.
A primeira grande apreensão do ano foi em 18 de janeiro e de duas toneladas. Em 18 de fevereiro foram apreendidas 4,3 toneladas em um jet-ski que zarpou do porto de Buenaventura, no Pacífico, quantidade similar à apreendida em julho do ano passado com paramilitares em Necoclí (Antioquia).
A Colômbia possui costas no Caribe e no Pacífico e por ambos os lados saem cargas de drogas em lanchas em direção a navios maiores que a levam para América Central e Caribe para depois chegar aos EUA. No caso do Pacífico, o tráfico de drogas é facilitado pela extensão das selvas e pelos vários rios da região.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Nos primeiros 100 dias do ano, governo gasta 12 vezes menos com pandemia
LEVANTAMENTO
Nos primeiros 100 dias do ano, governo gasta 12 vezes menos com pandemia
TRÊS LAGOAS
Polícia prende autor de furto de fios elétricos
Vacinação contra Influenza visa 1,4 milhão de pessoas a menos do que da Covid
MATO GROSSO DO SUL
Vacinação contra Influenza visa 1,4 milhão de pessoas a menos do que da Covid
CNM pede coordenação para enfrentar covid-19 e nega estoque de vacina
PANDEMIA
CNM pede coordenação para enfrentar covid-19 e nega estoque de vacina
Campanha para arrecadar agasalhos é lançada em Dourados
INVERNO SOLIDÁRIO
Campanha para arrecadar agasalhos é lançada em Dourados
REGIÃO
Adolescente é flagrada vendendo cocaína após mãe ser presa por tráfico de drogas
BRASIL
Vacinação contra a gripe deve atingir 80 milhões de pessoas
DOURADOS
Polícia 'estoura' entreposto do tráfico no Jardim Guaicurus
EDUCAÇÃO
Inscrições para ocupação de bolsas remanescentes do Prouni ocorrerão em 3 e 4 de maio
SIDROLÂNDIA
Acusado de matar homem e ocultar corpo em Assentamento se apresenta à polícia

Mais Lidas

HOMICÍDIO
Jovem é morta com tiros de escopeta em Itaporã
DOURADOS
Motociclista tem suspeita de fratura nas pernas após ser atingido por carro
ITAPORÃ
Jovem morta com tiros de escopeta tinha passagem por tráfico de drogas
PANDEMIA
Covid mata 11 pessoas em Dourados em dia de 149 novos casos