Menu
Busca segunda, 25 de maio de 2020
(67) 99659-5905

CMO diz que há 27 militares de Mato Grosso do Sul no Haiti

13 janeiro 2010 - 10h04

O Comando Militar do Oeste (CMO) informou que há 28 militares de sua jurisdição no Haiti, atingido nesta terça-feira por terremoto de 7 graus na escala Richter. Dos 28 militares, um é do 9º Batalhão de Engenharia e Construção de Cuiabá (MT).  Outros 27 militares da área do CMO são de unidades de Mato Grosso do Sul.
De acordo com o CMO, estão no Haiti oito militares do 9º Batalhão de Engenharia e Combate de Aquidauana; 16 da 4ª Companhia de Engenharia e Combate Mecanizada de Jardim, e três de Campo Grande, sendo um do Hospital Militar, um do Parque Regional de Manuntenção e um militar da Companhia de Comando do CMO.

Familiares de militares de Aquidauana, segundo o CMO, mantiveram contatos telefônicos e receberam a informação de que eles estão bem. No momento eles auxiliam no socorro às vítimas.

O Comando do Exército confirmou, até o momento, a morte de quatro militares brasileiros. Os militares mortos são: 1º tenente Bruno Ribeiro Mário, o 2º sargento Davi Ramos de Lima, o soldado Antônio José Anacleto e o soldado Tiago Anaya Detimermani, todos do 5° Batalhão de Infantaria Leve, sediado em Lorena (SP). Todos eles estavam fora da base no momento do terremoto.

Um terremoto de magnitude 7 na escala Ritcher atingiu o país ontem, destruindo vários prédios e causando devastação no país da América Central. O Brasil comanda a Missão de Paz da Organização das Nações Unidas naquele país.

"O Exército brasileiro, consternado e imbuído do mais alto sentimento de solidariedade, está empenhado em prestar todo apoio necessário às famílias dos militares vitimados pela tragédia", informou o general Carlos Alberto Neiva Barcellos, chefe da Comunicação Social do Exércio, por meio de comunicado.

O subchefe de Comunicação Social do Exército, coronel Eduardo Cypriano, afirmou que só haverá divulgação sobre mortes depois da identificação de corpos e aviso às famílias. "É provável que tenhamos mais mortos", admitiu Cypriano.

Neiva acrescentou que ainda não é possível "precisar" quando os corpos chegarão do Brasil. Atualmente, há 1.266 militares brasileiros no país, segundo o ministério da Defesa. O comandante do Exércio, Enzo Martins Peri, está se deslocando nesta quarta-feira para o Haiti, informou a Comunicação Social.

Feridos

Além dos mortos, o Exército informou que também há militares feridos. São eles: tenente-coronel Alexandre José Santos; capitão Renan Rodrigues de Oliveira; 3o sargento Danilo do Nascimento de Oliveira; cabo Eugênio Pesaresi Neto e soldado Welinton Soares Magalhães.

Danos

O Exército informou ainda que o terremoto causou "sérios danos estruturais" à cidade de Porto Príncipe, capital do país, e em algumas bases do contingente brasileiro. "Foram comprometidos sistemas de telefonia fixa e de celular, o que vem dificultando o repasse das informações", acrescentou o general Carlos Alberto Neiva Barcellos.

Segundo ele, os deslocamentos motorizados estão, até o momento, "praticamente inviabilizados" por conta da "grande quantidade de escombros" nas ruas de Porto Príncipe. "Tal fato, aliado à escuridão, à falta de energia elétrica e iluminação pública tem prejudicado de sobremaneira os levantamentos mais pormenorizados, bem como a avaliação da real extensão dos danos", informou o Exército.

População

O Exército divulgou ainda que a população do país tem se deslocado "em massa" em direção à base do Comando do Batalhão Brasileiro (Brabatt), menos atingida pelos abalos, em busca de socorro e de auxílio no resgate dos feridos. "Desde o início dos abalos sísmicos, o Brabatt, usando todos meios disponíveis, está empenhado em atender as vítimas da tragédia", acrescentou o general Neiva Barcellos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

RIO BRILHANTE
Homem é preso com carro roubado e diz trocaria por cavalo e alfafa
TELEVISÃO
Falta de segurança faz jornalistas do Grupo Globo deixarem plantão no Alvorada
CAPITAL
Mulher é presa em flagrante após furtar maquiagens e fones de ouvido
MAGISTRATURA
Concurso: Comissão divulga julgamento de recursos da prova objetiva
IVINHEMA
Mulher é presa transportando para São Paulo 200 quilos de maconha
ENTRADA PROIBIDA
Estados Unidos antecipam para amanhã início do bloqueio a brasileiros
SIDROLÂNDIA
PMs são acusados de aceitar propina de traficantes que “queimavam dinheiro”
JUDICIÁRIO
Flávio Bolsonaro pede para acompanhar depoimento de Paulo Marinho
MARACAJU
Homem encontrado morto em rio foi estrangulado e polícia identifica suspeitos
SAÚDE
Ações nas barreiras sanitárias são intensificadas no combate à Covid-19

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Homem morre atropelado por rolo compactador
PANDEMIA
Dourados ultrapassa marca de 100 casos confirmados de coronavírus
MARACAJU
Homem morre após tentativa de fuga e troca de tiros com a polícia
MS-145
Motorista disse não ter visto momento que atropelou e matou ciclista