Menu
Busca segunda, 19 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Clonagem de cheque é a "fraude da vez", diz Abracheque

14 janeiro 2004 - 12h22

Parece verdadeiro, mas não é. É essa a aparência de um cheque clonado, que se transformou na "fraude da vez" entre as cometidas contra este meio de pagamento. Segundo a Abracheque (Associação Brasileira das Empresas de Informação, Verificação e Garantia de Cheques), o avanço da tecnologia e o aperfeiçoamento das máquinas de impressão facilitam a ação dos fraudadores."As máquinas de impressão estão cada vez mais modernas e capazes de emitirem talonários inteiros de cheques falsos ou clonados", disse o presidente da Abracheque, Carlos Pastor.O problema, segundo ele, é que o cheque clonado é classificado pelo Banco Central como devolvido pelo motivo "35", que inclui também roubos, furtos e outros tipos de fraudes."Não se sabe ainda quantos dos cheques devolvidos tiveram por motivo de rejeição a clonagem. Mas sabemos que esse é um fenômeno crescente", afirmou Pastor.ClonagemExistem dois tipos de clonagem: manual e mecânica. Na manual, os fraudadores utilizam uma folha de cheque verdadeira e simplesmente apagam o nome e números do RG e CPF originais e trocam por outras informações."Isso permite que o cheque de uma pessoa que tem o nome sujo seja clonado com o nome de outra, que não possui registros de débito, e passe a ser aceito no comércio", disse Pastor.A outra forma de clonagem é a impressão a laser de folhas de cheque em nome de usuários verdadeiros ou não. Nesse tipo de fraude, o consumidor pode ter passado um cheque que foi repassado para uma equipe de fraudadores. Utilizando as informações verdadeiras do cheque do cliente, os fraudadores podem vir a emitir outras folhas falsas.Dor de cabeçaQuem mais sofre com a clonagem do cheque é o pessoa que teve o nome utilizado na fraude.Segundo a Febraban (Federação Brasileira dos Bancos), os bancos não se responsabilizam pelo pagamento de cheques perdidos, extraviados, falsos ou falsificados. Ou seja, um cheque clonado no seu nome pode ser descontado de sua conta.Como evitarA Abracheque informou que uma das maneiras de evitar a recepção de cheques clonados é utilizando os serviços de consulta aos dados cadastrais.A Febraban também possui uma relação de dicas de segurança para o preenchimento de cheques. Entre as sugestões da Febraban está a emissão, sempre, de cheques nominais e cruzados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
TCE-MS pede explicações sobre irregularidades de R$ 2,2 milhões em licitação de prefeitura
INTERNACIONAL
Ataques a tiros em dois estados deixam 6 mortos nos EUA
PRF prende dois e apreende cocaína avaliada em R$ 8 milhões na BR-163
POLÍCIA
PRF prende dois e apreende cocaína avaliada em R$ 8 milhões na BR-163
POLÍCIA
Adolescentes estouram janela de alojamento e fogem de Unei
PMA resgata macaca domesticada que foi abandonada por tutores
POLÍCIA
PMA resgata macaca domesticada que foi abandonada por tutores
POLÍCIA
MPE-MS alerta gestores sobre prática de novo golpe no WhatsApp
REGIÃO
Após comprometimento de 98% do pulmão, prefeito se recupera da Covid-19
POLÍCIA
Após desentendimento, menina de 10 anos sai de casa e fica sete horas desaparecida
POLÍCIA
Homem é morto com vários golpes de faca e assassino é preso horas depois
PANDEMIA
Dourados segue com 100% das UTIs Covid ocupadas e com fila de espera por leitos

Mais Lidas

DOURADOS
Motociclista é preso após passar 'fumando um baseado' ao lado de viatura
DOURADOS
Interno morre após briga com companheiro de cela da PED
PED
Arma de fabricação caseira é encontra em cela de interno morto
RONDAS
Bicicleta roubada há 14 anos é recuperada em Dourados