Menu
Busca sexta, 22 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397

Clientes da Caixa podem recorrer às 116 casas lotéricas

16 outubro 2003 - 08h11

Os clientes da Caixa Econômica Federal de Mato Grosso do Sul podem recorrer às 116 casas lotéricas distribuídas entre Campo Grande e o interior para serem atendidos durante a greve, deflagrada hoje pelos bancários. Segundo informação da assessoria de imprensa da instituição, nas lotéricas é possível realizar saques de até R$ 1 mil, depósitos de até R$ 500, saque de FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), PIS, seguro-habitação, seguro-desemprego de até R$ 300,00 e IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). Também são atendidas nas unidades as mães do programa Bolsa Escola. Isso além de pagamentos de contas como luz e telefone.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DECISÃO
Acidente de trânsito gera indenização e pensão mensal vitalícia
Mais de 700 doses da vacina contra a Covid foram aplicadas em Dourados
IMUNIZAÇÃO 
Mais de 700 doses da vacina contra a Covid foram aplicadas em Dourados
Forças de segurança de MS recebem 250 viaturas nesta sexta-feira
NA CAPITAL
Forças de segurança de MS recebem 250 viaturas nesta sexta-feira
COVID-19
Saúde de MS toma medidas para evitar "fura filas" da vacina
FUTEBOL INTERNACIONAL
Zidane é diagnosticado com o novo coronavírus, diz Real Madrid
REGIÃO
Ferido, Tamanduá-mirim é capturado em região central de Bela Vista
IMUNIZAÇÃO
Distribuição de vacinas da AstraZeneca deve começar neste sábado
TRANSPARÊNCIA COVID
Sistema com relação de imunizados em Dourados será publicado nesta sexta
LEI 4.570
Moradia às vítimas de violência doméstica passa a valer em Dourados
STF
Ministra estende licença-maternidade para mãe de bebê internado desde nascimento prematuro

Mais Lidas

DOURADOS
Segundo corpo encontrado às margens da BR-163 é identificado
VIAGEM SANTA
PF deflagra operação contra tráfico de drogas em empresas de turismo religioso de Dourados
DOURADOS
Um dos corpos encontrados às margens da BR-163 foi quase decapitado
DOURADOS
Alvo da PF, empresário foi preso com armas e fortuna ao sofrer atentado em 2019