segunda, 08 de agosto de 2022
Dourados
22°max
17°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Ciro pede votação dos projetos que recriam Sudam e Sudene

21 setembro 2004 - 13h51

 O ministro da Integração Nacional, Ciro Gomes, pediu ajuda ao presidente do Congresso Nacional, José Sarney (PMDB-AP), para apressar no Senado a tramitação dos projetos de lei que recriam a Superintendências de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) e de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam). Os projetos que recriam as duas superintendências foram enviados há mais de um ano à Câmara dos Deputados pelo poder Executivo. Apenas em agosto, as propostas foram encaminhadas para apreciação dos senadores, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). O ministro também pediu que Sarney interceda nas negociações sobre o Fundo de Desenvolvimento Regional (FDR). “Talvez ele seja a única pessoa que tem condições de mediar as justas súplicas que colidem nesse assunto”, declarou. O ministro se refere às reivindicações dos governadores, que pedem que os recursos do Fundo sejam repassados diretamente aos Estados, conforme definiu a reforma tributária aprovada no ano passado. Ciro Gomes não descartou a hipótese de que os recursos sejam divididos entre Estados e a Sudene. Cada parte ficaria com 50% do fundo: “É uma alternativa. A posição que eu defendo é que o Fundo seja dirigido ao financiamento da estratégia de superação do desequilíbrio regional e a que os governadores defendem é que isso seja dividido entre os Estados do Norte, Nordeste, Centro Oeste, mais três estados do Sudeste, Minas Rio de Janeiro e Espírito Santo”. Para Sarney, é preciso buscar o “meio termo” que possa conciliar os interesses dos governadores com o projeto idealizado pelo ministério. “Nós temos que harmonizar e procurarmos um meio termo de modo que se possa conjugar um projeto de longo prazo com projetos emergenciais que também são necessários”, declarou Sarney. O parlamentar lembrou que durante a reforma tributária ficou realmente acertado que os recursos do FDR seriam aplicados pelos governadores. Acrescentou, no entanto, “que nada impede que se possa reabrir a discussão, que se possa conseguir mais recursos dos que estão alocados, e que se possa dividir esses recursos entre as agências e entre os próprios governos dos Estados”. O senador não quis adiantar a data para aprovação dos projetos que recriam as superintendências. Por outro lado, observou que os senadores das regiões a serem beneficiadas querem que eles sejam votados imediatamente. “Nós não podemos dizer de imediato que eles possam sair até o fim do ano”, finalizou  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Inscrições para concurso da Prefeitura de Dourados terminam hoje
PRAZO

Inscrições para concurso da Prefeitura de Dourados terminam hoje

CAPITAL

Homem fica em estado grave ao ser atropelado por motocicleta

Para Abrasel MS, setor de gastronomia vai crescer 15% com a promoção do dia dos Pais
TV DOURADOS NEWS

Para Abrasel MS, setor de gastronomia vai crescer 15% com a promoção do dia dos Pais

TJ/MS

Judiciário realiza hoje webinário Direitos dos Povos Indígenas I

PESQUISA

Censo pode ser respondido por telefone ou internet; saiba como

TRAPALHADA

Ladrão esquece mochila aberta e dinheiro roubado voa durante fuga

DOURADOS

Campanha de Vacinação contra Poliomielite começa nesta segunda

FRONTEIRA

Com corda improvisada, integrantes do PCC fogem de presídio paraguaio

TEMPO

Segunda-feira nublada com chuva a qualquer hora do dia em Dourados

SAÚDE

Varíola dos macacos: entidades criticam estigma a homossexuais

Mais Lidas

LUTO

Conselho de Agronomia lamenta morte de jovem agrônoma em acidente

Adolescente fica gravemente ferido após caminhonete capotar na MS-141

SUSPEITO FOI PRESO

Casal de idosos é assassinado em residência no centro de Coxim

REGIÃO

Corpo de idoso é encontrado carbonizado em residência destruída por incêndio