Menu
Busca sábado, 18 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
FESTIVAL

Cinema, artes e nova música são atrações de hoje no FestinBonito

01 agosto 2014 - 09h42

Terceiro dia de atrações do Festival de Inverno de Bonito, esta sexta-feira, dia 1º de agosto, será de novidades nas artes. Cinema, intervenções urbanas, teatro e a nova música brasileira dão o tom das apresentações gratuitas, que acontecem na Praça da Liberdade e no Salão das Acácias, na rua Felinto Muller.

###Intervenções Urbanas
As atividades na Praça da Liberdade começam às 11 horas com a intervenção Caixas Poéticas, da Cia. Sensus. Nela o ator carrega uma caixa repleta de pequenas gavetas estimulando o público a abrir uma delas. Dentro de cada uma pode-se encontrar o nome de um poeta, o título de uma poesia ou música ou ainda um pequeno objeto que o ator utilizará para interpretar um texto literário. De forma chamativa, porém intimista e silenciosa, as Caixas Poéticas atingem pessoas de todas as idades e proporcionam uma experiência única e marcante.

A Cia. Sensus também apresenta das 16 às 18 horas Kinesis, uma performance ambulante em que o público é convidado a percorrer um trajeto conduzido pelos atores que, além de guiá-los, interpretam textos e os estimulam sensorialmente através do tato, olfato, audição e paladar. Como é característico do grupo em nove anos de existência, o espectador é vendado na entrada. Durante o trajeto se delicia com obras literárias de vários autores consagrados.

Kinesis é um espetáculo que permanece “acontecendo” por várias horas, permitindo que o público tenha liberdade de entrar na hora que desejar e também repetir o trajeto quantas vezes quiser. Por serem criadas situações semelhantes às vivenciadas pelos deficientes visuais e motores, Kinesis permite também a sensibilização e tomada de consciência dos não deficientes. A forma delicada, divertida e movimentada do percurso torna o espetáculo fascinante e estimulante para o público de todas as idades.

A artista Mariana Piza apresenta a partir das 17 horas na Praça a intervenção Formas-me, que busca materializar os resíduos resultantes das relações humanas. A atriz fica em exposição vestida com um macacão de peças de Lego. O público torna-se construtor da obra quando se relaciona com ela, encaixando outras peças no macacão e compondo a forma que eles gostariam que a artista tivesse.

Já às 20 horas Mariana Piza apresenta Cora-me com um vestido com leds vermelhos e munida de um estetoscópio e caixas de som procurando pessoas que a deixem expor seu coração "ao mundo". O estetoscópio está conectado às caixas. Desta forma o som do coração da pessoa que interage na performance é ouvido pelas pessoas que assistem à interação. Além disso, as luzes do vestido piscam de acordo com as batidas do coração.

A banda Mustache e os Apaches apresenta às 21h30, na Praça da Liberdade, um show inspirado inicialmente pelas Jug Bands norte-americanas e pelos espetáculos do Circo Vaudeville. Formada pelos gaúchos Pedro Pastoriz (voz, violão e banjo), Tomás Oliveira (contrabaixo acústico e voz), Axel Flag (voz e percussão), Jack Rubens (bandolim) e pelo mineiro Lumineiro, que toca o original Washboard (uma antiga tábua de lavar roupa), nasceu da simbiose criativa de cinco excêntricos músicos que também atuam em vários campos da arte como o circo, artes plásticas, cinema e literatura. Os artistas iniciaram seu projeto apresentando-se nas ruas de São Paulo e se destacaram por serem capazes de transformar qualquer lugar da cidade em um espaço para shows.

###Cinema
Uma mostra de curtas com entrada franca abre o período de exibições do Festival de Inverno. Das 15 às 16h30 o Salão das Acácias receberá 13 filmes nacionais que envolvem temas sociais e culturais. Confira a relação de filmes:

Mestre Divino - as histórias que envolvem senhorzinho (Bonito/MS/2013/16’), de Geisiany Garnes e Kemila Pellin, retrata “Senhorzinho", um homem que viveu na região de Bonito por volta de 1940 que foi e ainda é considerado um profeta pelos moradores locais. A crença no Mestre faz com que centenas de pessoas se desloquem até sua capela para fazer orações e pedidos.

Awá: Filhos da Floresta (São Paulo/SP/2013) conta através de três curtas a saga de uma população que hoje não chega a 400 indivíduos, os índios Awá-Guajá, um dos últimos povos caçadores e coletores no Brasil. Isso significa que eles dependem diretamente da floresta para sobreviver – física e culturalmente. As terras indígenas Caru e Awa, onde eles vivem no centro do Maranhão, são uma das últimas ilhas de floresta da região. E, justamente por isso, estão sob intenso ataque de madeireiros.

Retomada da Aldeia Pindo Rocky (Aldeia Pindo Roky/MS/2013/6’) – Produzido pela Associação Cultural de Realizadores Indígenas e dirigido por Eliel Benites, o filme trata a retomada de parte do território tradicional dos indígenas da aldeia Teykue após a morte de um jovem índio assassinado pelo fazendeiro.

Retomada Buriti (Aldeia Buriti/MS/7’) – Também produzido pela Associação Cultural de Realizadores Indígenas e dirigido por Gilmar Galache e Eder Alcântara, o filme apresenta a produção de alimentos para a subsistência dos Terenas do Buriti após a retomada de parte de seu território tradicional.

Desmatamento Zero (São Paulo/SP/ 2013/ 9'26”) – Produzido pelo Greenpeace Brasil e Danielle Bambace e dirigido por Eliza Capai. A Amazônia brasileira é um mundo à parte. Mas, por trás dessa diversidade cultural e biológica, descortina-se um cenário desolador: o avanço descontrolado sobre as matas deixa um rastro de pobreza e de conflitos. Ao zerar o desmatamento, o Brasil fará sua parte para diminuir o ritmo do aquecimento global e assegurar o futuro do planeta. Este exercício de cidadania não pode ser ignorado.

Cerrado ao Meio (Brasília/DF/2012/10'25”) - O vídeo produzido pela Nonanuvem Filmes e dirigido por Uliana Duarte usa a linguagem de vídeo-arte para retratar o processo de perda da vegetação do Cerrado através de depoimentos de moradores tradicionais e imagens do ciclo da destruição causado principalmente pelo modelo agrícola insustentável instalado no bioma.

Desafogando a Água (Itapevi/SP/ 2012/13') - Alunos do ensino fundamental II da Escola André Franco Montoro se mobilizaram para produzir um vídeo documentário a respeito da questão paradoxal entre a frequente falta de abastecimento local de água e a existência de uma nascente na porta da escola.

Da Nascente à Torneira (Nova Lima/MG/2012/3'54”) - O vídeo elaborado para a campanha “Fechos, eu cuido!” mostra o contexto ambiental da Estação Ecológica de Fechos, o caminho que a água percorre da nascente à torneira e a população envolvida. Produção: Associação Primo – Primatas da Montanha, Projeto Água da Rua e Instituto Cresce.

Incentivo às políticas públicas voltadas ao reuso da água e ao aproveitamento de água da chuva (Americana/SP/2009/ 17') - Será que precisamos de água potável para lavar o carro, ou regar o jardim? Essa é uma das perguntas motivadoras desse vídeo produzido pelo Consórcio PCJ e 3 Marias Produtora Cultural, que buscou, de forma didática, demonstrar as novas tecnologias existentes para o aprimoramento da gestão dos recursos hídricos. O reuso da água e o aproveitamento de água da chuva são alternativas eficientes para o consumo mais racional da água e que já podem ser utilizadas em nosso dia a dia.

Certificação Turismo co2 Neutro – o registro de uma transformação (Itacaré/BA/2011/17'36”) - Com caráter documental e institucional, o vídeo dirigido por Clara Almeida e Marcelo Martins Santiago utiliza linguagem sensível para abordar e acompanhar o desenvolvimento do programa “Turismo CO2 Neutro”, uma tecnologia socioambiental que vem sendo aplicada pela ONG Movimento Mecenas da Vida envolvendo agricultores tradicionais, empreendedores e turistas na APA (Área de Proteção Ambiental) de Itacaré e Serra Grande, no sul da Bahia.

Ritos de Rios e Ruas (São Paulo/SP/2013/ 40') - Uma trajetória pelas cabeceiras do rio Tietê conhecendo pessoas e paisagens que fazem a história da região. De forma crítica e poética, a obra traz uma reflexão sobre o processo de urbanização na região e as consequências deste processo no dia a dia das comunidades. Direção e Roteiro: Mario Dalcencio Jr.

###Teatro
O Salão das Acácias será a partir das 19 horas o palco do espetáculo Ara Pyahu – Descaminhos do Contar-se, do grupo Mandi´o. Ñanderu e Ñandesy, nosso primeiro pai e nossa primeira mãe, esticaram a terra como um espreguiçar de corpos e assopraram na língua da origem o nome que cada coisa deveria ser. Depois se pintaram na cor de urucum preparando-se para os tempos futuros de jaguaretê, de escravidão e espalhamento. Ara Pyahu conta a história dos indígenas Guarani Kaiowá, que transita entre nós e eles, mitos e notícias, dança e teatro, paços e caminhadas.

###Música
O Palco Fala Bonito recebe dois shows especiais que apresentam os toques da nova música brasileira. Às 19 horas o grupo sul-mato-grossense Iucatan, composto por multi-instrumentistas da música erudita, apresentam ao público uma fusão entre o clássico e a música popular e regional, como os ritmos pantaneiros, a polca e o chamamé, além de sons brasileiros como o baião, choro, rock progressivo e o maracatu.

Às 20 horas quem sobe no Palco Fala Bonito é a banda de folk rock cuiabana Vanguart, destaque entre as novas revelações da música brasileira. O grupo apresentará o show “Muito mais que o amor” e promete fazer história nessa apresentação inédita.

###Serviço
Todas as atrações são gratuitas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Jovem de 19 anos morre em acidente com motocicleta
CAPITAL
Jovem de 19 anos morre em acidente com motocicleta
TELEFONIA
Governo edita decretos para tentar destravar licitação do 5G
Casal é preso por golpe ao vender carro alugado e alegar "furto"
Fundação de Cultura seleciona artesãos para participar de duas Feiras
OPORTUNIDADE
Fundação de Cultura seleciona artesãos para participar de duas Feiras
Grávida, Geisa Oliveira, ex seleção de basquete, morre aos 42 anos
CAMPINAS
Grávida, Geisa Oliveira, ex seleção de basquete, morre aos 42 anos
DOURADOS
Faculdade Intercultural Indígena publica moção contra o marco temporal
FOGO AMIGO
Militar baleado ao defender mulher na rua recebe alta de hospital
ESPORTE
Dourados enfrenta Miranda na semifinal da Copa Morena neste sábado
PARAGUAI
Com mandado de prisão em abertos, brasileiro é expulso do Paraguai
EDUCAÇÃO
UEMS regulamenta retomada gradual das atividades presenciais

Mais Lidas

DOURADOS
Após denúncias, casal é preso por tráfico no Jardim Guaicurus
24 HORAS DE VACINA
Dourados terá 'viradão' da vacina para aplicar doses em cinco grupos
DOURADOS
'Trevo do DOF' terá viaduto de 40m e ficará pronto em oito meses
DOURADOS
Homem morre no hospital depois de ser atropelado na área central