Menu
Busca terça, 18 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Cientistas inventam antena que capata a luz

19 setembro 2004 - 19h22

O físico Yang Wang e seus colegas do Boston College, nos Estados Unidos, construiram uma antena capaz de captar a luz.Uma antena inventada pelo físico Yang Wang e seus colegas do Boston College, nos Estados Unidos, é capaz de captar a luz, do mesmo modo modo que as antenas de rádio capturam as ondas de radiotransmissão. Segundo Wang, a engenhoca, que contém estruturas microscópicas criadas de átomos de carbono, pode servir como base para uma televisão óptica ou para converter energia solar em eletricidade, assim que for devidamente desenvolvida. Como se sabe, a luz é transportada por fótons

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRANSPORTE DE CARGAS
Governo Federal anuncia novas regras que beneficiam os caminhoneiros
Decreto prorroga medidas restritivas e mantém parques fechados em Dourados
PANDEMIA
Decreto prorroga medidas restritivas e mantém parques fechados em Dourados
COXIM
Idoso que estuprou mais de 10 crianças é preso por abusar da neta de 5 anos
JUDICIÁRIO
Ministro do STF nega pedido da 'capitã cloroquina' para evitar perguntas da CPI
'Lágrima' é assassinado com tiros na cabeça e no abdômen por dupla armada
CHAPADÃO DO SUL
'Lágrima' é assassinado com tiros na cabeça e no abdômen por dupla armada
NÚMEROS DA PANDEMIA
Brasil se aproxima de 440 mil mortos por Covid, com média de 1.953 por dia
Casal de MS é preso por tráfico internacional com carregamento de crack
PRAZO
Depen prorroga inscrições de concurso com 1.177 vagas; salários de R$ 8,3 mil
DOURADOS
Homem é preso acusado de violência doméstica e posse ilegal de arma 
ECONOMIA
Detran/MS avança com serviços digitais e agora oferece pagamento com PIX

Mais Lidas

POLÍCIA
'Apaixonado', rapaz furta objetos na PED para ser preso e reencontrar marido
CLIMA
Frio mais intenso do ano é previsto para esta semana em Dourados
REGIÃO
Mulher mata o marido a facadas após discussão em MS
FEMINICÍDIO
Mulher é encontrada morta com golpe de faca no pescoço na região do João Paulo II